Notícias

Crepioca para emagrecer: conheça os multibenefícios da receita na dieta

Compartilhe:     |  24 de novembro de 2020

A tapioca é amiga fiel de quem está no processo de emagrecimento, pois une poucas calorias à saciedade. Versátil, ela pode ser combinada com frutas em sua versão doce ou proteínas na salgada. Para potencializar ainda mais os benefícios na dieta, a massa levinha e sem glúten ganha um novo ingrediente… O ovo, transformando-se em crepioca.

Como o próprio nome já indica, a receita é uma combinação entre a tapioca tradicional e o crepe. O resultado dessa mistura já se tornou queridinho para fornecer energia pela manhã, antes e depois dos treinos. Descubra os benefícios da crepioca e emagreça de maneira saudável!

Tudo sobre a crepioca para emagrecer com mais saúde

Foto: Shutterstock / Alto Astral

Principais vantagens

De acordo com a nutricionista Carolina Arbache, a grande diferença entre a tapioca e a crepioca está relacionada à quantidade de carboidratos e nutrientes presentes na receita. A profissional explica que o segredo desses benefícios para quem procura emagrecer está nas proteínas encontradas no ovo: “Muito consumidas por quem pratica exercícios físicos, elas possuem importantes papéis no organismo. Auxiliam na construção de tecidos, fornecem energia e desempenham funções metabólicas e reguladoras”.

Além disso, a nutricionista Paula Castilho acrescenta que o ovo é responsável por aumentar a sensação de saciedade, disposição e concentração. Como se não bastasse, o ingrediente estimula a produção de colágeno, que garante um corpo mais firme e pele sem flacidez.

Atenção ao consumo!

Ainda que seja uma versão mais completa da tapioca, também é preciso estar atenta à quantidade consumida. Para não exagerar no carboidrato, o ideal é ingerir apenas uma crepioca por dia, de preferência no café da manhã.

Outro ponto importante é que, para que o alimento seja considerado uma fonte rica de proteína, ele precisa apresentar, no mínimo, 6 gramas de ovo em cada porção (aproximadamente um ovo inteiro). Fica a dica!

Opções de recheio

Apesar de ser de fácil digestão, é possível melhorar ainda mais a qualidade nutricional da crepioca adicionando alimentos com fibras, responsáveis por melhorar o funcionamento do estômago e do intestino. Uma boa opção é acrescentar sementes e grãos, como linhaça, aveia e chia.

Para não restar dúvidas quanto ao preparo da receita, listamos algumas sugestões de recheio para a sua crepioca. Confira!

E aí, o que você está esperando para incluir a crepioca no seu cardápio diário? Além de todas as vantagens já citadas, a receita é superprática e rápida de preparar – até para as menos habilidosas na cozinha. E, no caso das veganas, também há algumas versões sem ovo aqui!

Consultoria: Paula Castilho, nutricionista da Sabor Integral, de São Paulo (SP); Carolina Arbache, nutricionista; Daniela Kokol Najar, nutricionista | Texto: Redação Alto Astral | Edição: Milena Garcia e Renata Rocha



Fonte: Terra



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais