Crônicas e Poesias

Deixe o rio desaguar

Compartilhe:     |  12 de abril de 2015

Flavio José (Letra + Vídeo)

A água sai de cabrobó

Parnamirim, salgueiro

Até jati

Deixe o rio desaguar doutor

Pra acabar

Com o sofrimento daqui

O são francisco

Com sua transposição

No meu nordeste

O progresso vai chegar

Se é que o brasil

Agora está na mão certa

Na contramão

O meu sertão não vai ficar

Priorize esse projeto, seu doutor

E deixe o rio desaguar

Esse projeto

Centenário vai vingar

E com certeza

Será nossa redenção

Vamos ter muitos

Hectares de terra, tudo irrigado

É água pra mais de um milhão

O jaguaribe tá sequinho, seu doutor

Rio piranhas, apodi e castanhão

Fonte: O povo na luta faz história



Fonte:



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais