Notícias

Derretimento de geleiras por aquecimento global revela 5 ilhas na Rússia

Compartilhe:     |  10 de setembro de 2019

Cinco ilhas surgiram nas águas geladas da costa norte da Rússia, de acordo com o Ministério da Defesa do país. Segundo especialistas, o fato é resultado direto do derretimento das geleiras como efeito do aquecimento global.

Medindo entre 900 e 55 mil metros quadrados, esses pedaços de terra estão localizados perto dos arquipélagos de Nova Zembla e Terra de Francisco José, no Oceano Ártico. As autoridades disseram que a descoberta foi feita em 2016 pela estudante Marina Migunova, que investigava imagens de satélite da região.

Os militares russos que vivem por lá confirmram a descoberta da jovem e passaram a estudar as ilhas a partir de levantamentos topográficos, afirmaram as autoridades em comunicado.

A priori, o surgimento de blocos de terra pode parecer uma boa notícia, já que, com o aquecimento global, a previsão é de que o nível dos mares aumente, submergindo ilhas e a região costeira dos continentes. Contudo, como explicam cientistas, o caso russo é precoupante.

Isso porque as novas ilhas surgiram justamente devido ao derretimento dessas geleiras: regiões antes cobertas pelo gelo agora apareceram, pois a água derreteu e deu lugar aos pedaços de terra. “Atualmente, o Ártico está esquentando de duas a três vezes mais rápido que o resto do mundo, então, naturalmente, geleiras e calotas polares reagirão mais rápido”, explicou Simon Pendleton, da Universidade do Colorado, nos EUA, pesquisador da região.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais