Notícias

Descarte seu lixo corretamente e colabore com a preservação do meio ambiente

Compartilhe:     |  12 de maio de 2016

Colégio Albert Sabin lança campanha de reciclagem de lixo eletrônico em parceria com a Coopermiti.

Formar indivíduos sensíveis aos desafios ambientais também faz parte de uma educação de qualidade. Por isso, além de oferecer um ensino que promove o olhar crítico sobre a realidade, o Colégio Albert Sabin (zona oeste de São Paulo) estimula o envolvimento de seus alunos, familiares e colaboradores em projetos de preservação do meio ambiente. É o caso da Campanha Recicla+, que desde 2013 destina corretamente os resíduos orgânicos e recicláveis gerados pela escola, além de pilhas, baterias, medicamentos e o óleo utilizado pelo restaurante.

Nesse sentido, outra problemática que despertou a atenção do Colégio foi o lixo eletrônico, cujo acúmulo no mundo cresce rapidamente, em especial nos países em desenvolvimento, onde muitas vezes não há recursos adequados para lidar com um descarte apropriado, causando danos ao meio ambiente e à saúde das pessoas. De acordo com relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado no ano passado, o mundo produziu cerca de 42 milhões de toneladas de resíduos eletrônicos em 2014; só no Brasil, foram 1,4 milhão de toneladas.

Assim, com o objetivo de ampliar sua atuação na área ambiental e expandir o alcance da Recicla+, o Albert Sabin inicia este ano, em parceria com a cooperativa Coopermiti, uma campanha de coleta de lixo eletrônico. A Coopermiti é uma cooperativa sem fins lucrativos de produção, recuperação, reutilização, reciclagem e comercialização de resíduos sólidos eletroeletrônicos. Conveniada à Prefeitura de São Paulo, trabalha para que o lixo eletrônico, ou e-lixo, gerado na sociedade seja recolhido, reciclado e descartado de forma ambientalmente correta.

Com tecnologia e competência técnica comprovada para executar processos de manufatura e logística reversas, a Coopermiti realiza, por meio da reciclagem do lixo eletrônico, um trabalho de inclusão social e digital, capacitação, educação e cultura. Todo o material recebido ou coletado após triagem é destinado, reciclado ou reutilizado, gerando renda aos cooperados e proporcionando doações.

Além dos serviços de descarte de resíduos sólidos eletroeletrônicos, recuperação, reciclagem, consultoria, assessoria e destruição segura de dados, a cooperativa também promove programas de educação ambiental e disponibiliza informações, planos de aula e projetos educativos às escolas gratuitamente em seu portal.

O que pode ser descartado?
O posto de coleta de lixo eletrônico que será destinado à Coopermiti ficará na Biblioteca do Colégio. Alunos, pais e colaboradores podem descartar itens como telefone, celular, batedeira, liquidificador, secador de cabelo, cafeteira, sanduicheira, ferro de passar roupa, CD, DVD, disquete, cartuchos de impressora, teclado, mouse, placa mãe, placa controladora, processador, memória, roteador, modem, entre outros. Quem tiver interesse em descartar eletroeletrônicos maiores, que não constem na lista acima, pode entrar em contato diretamente com a Coopermiti, por telefone (11) 3666-0849, ou por e-mail, contato@coopermiti.com.br.



Fonte: Envolverde



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais