Notícias

Descoberto há um ano, olinguito pode ser vegetariano, diz pesquisador

Compartilhe:     |  27 de agosto de 2014

Há um ano, ele não tinha nem um nome próprio e agora já é o centro das atenções de pesquisadores da vida animal. O olinguito, descrito como uma mistura de gato doméstico com “urso de pelúcia”, descoberto no final no ano passado, pode não comer carne, apesar de fazer parte da ordem Carnivora. Ele foi encontrado por pesquisadores do Instituto Smithsonian, dos Estados Unidos, em agosto do ano passado e foi a primeira espécie carnívora descoberta no Ocidente em 35 anos –a última foi uma doninha colombiana, em 1978.

Quem cruza com esses exemplares da espécie Bassaricyon neblina na Colômbia e no Equador, afirma que eles gostam mesmo é de frutas. Um deles foi até visto tomando uma substância adocicada colocada em alimentadores de beija-flores, conta o especialista em mamíferos Kristofer Helgen, do Museu Nacional de História Natural Smithsonian, em Washington DC (EUA).

Helgen afirmou, no entanto, não estar surpreso com o fato. Ele informou um dado curioso: cerca de 270 espécies da ordem Carnivora incluem vegetarianos, como pandas devoradores de bambu e os chamados comedores flexivos, como o oligo, primo do olinguito. “Uma pergunta que estava na boca de todos no ano passado foi: existiria animal mais adorável do que o olinguito? E, claro, a resposta é um bebê olinguito”, diz Helgen.



Fonte: Uol



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais