Notícias

Descoberto novo planeta que pode ajudar no estudo de mundos distantes

Compartilhe:     |  5 de março de 2021

Gliese 486 b, que orbita uma estrela anã vermelha a 26 anos-luz da Terra, é um dos mais próximos do nosso sistema

Cientistas descobriram um novo exoplaneta, o Gliese 486 b, que orbita uma estrela anã vermelha a 26 anos-luz da Terra, um dos mais próximos do nosso sistema. Quase duas vezes maior e com três vezes mais massa do que o nosso planeta, é classificado como uma superterra. Quente e seco como Vênus, com rios de lava fluindo em sua superfície, é inóspito.

A proximidade da Terra e suas características físicas, no entanto, tornam-no mais adequado para ser estudado com a próxima geração de telescópios terrestres e espaciais. Isso daria aos cientistas dados para decifrar a atmosfera de outros exoplanetas – planetas fora do sistema solar – que podem ou não sustentar vida.

O Gliese 486 b gira em torno de sua estrela uma vez a cada 1,47 dias terrestres. O planeta orbita muito perto dela, deixando-o fortemente irradiado. Como a Terra, é rochoso e acredita-se que tenha um núcleo metálico. A temperatura da superfície é de cerca de 430 graus Celsius e a gravidade deve ser 70% mais forte do que a terrestre.



Fonte: Veja



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Veterinário dá dicas importantes de como cuidar de cães e gatos com a continuação do isolamento social

Leia Mais