Notícias

Desinfecção com álcool das ferramentas usadas na poda pode controlar contaminação em kiwis

Compartilhe:     |  12 de junho de 2016

Por João Mathias

Trabalho com kiwi na Nova Zelândia, onde as plantações da fruta estão sendo atacadas pela bactéria Pseudomonas syringae actinidiae. A variedade gold é a mais vulnerável à praga, enquanto a green, mais conhecida no Brasil, é mais resistente. Pesquisadores brasileiros têm conhecimento de como combater a bactéria? Cristiene Santos, de Tauranga, Nova Zelândia

No Brasil, a doença provocada pela bactéria Pseudomonas syringae actinidiae em kiwis não é considerada um problema importante para a cultura. Talvez, porque as cultivares mais suscetíveis à enfermidade não sejam muito plantadas por aqui. Contudo, há recomendações para o controle de contaminação, como desinfecção com álcool das ferramentas utilizadas na poda durante o próprio manejo; cuidados ou remoção de plantas com ramos e troncos infectados; no inverno e logo antes e depois da brotação, tratamentos cúpricos na queda das folhas; e evitar excesso de adubação nitrogenada. Uma prática introduzida no sul do Brasil é a utilização de desinfetantes nas plantas, que podem ser aplicados semanalmente para diminuir o inóculo de fungos e bactérias.

CONSULTORA: ROSA MARIA VALDEBENITO SANHUEZA, engenheira agrônoma, doutora em fitopatologia, pesquisadora aposentada da Embrapa Uva e Vinho, Estrada Federal BR-116, no 7.320, sala 02, Bairro Fátima, Vacaria, RS, CEP 95200-000, tel. (54) 3232.1353, [email protected]



Fonte: Revista Globo Rural



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais