Notícias

Desmatamento em propriedades rurais de Goiás ameaça nascentes

Compartilhe:     |  24 de fevereiro de 2015

Em Goiás, a Delegacia do Meio Ambiente revelou que mil nascentes dos principais rios estão ameaçadas pelo desmatamento em propriedades rurais. Os fazendeiros que não recuperarem a vegetação vão responder na Justiça.

O caminho aberto perto da nascente é uma trilha deixada pelo gado. O peso dos animais fazia o barranco desmoronar e a terra estava entupindo a nascente.

Em uma vistoria nas fazendas perto de Goiânia, agentes da Delegacia do Meio Ambiente viram o problema e alertaram o fazendeiro. A área pertence à família do Marcos há mais de 80 anos. E para que o caso não fosse parar na Justiça ele fez um acordo e está cercando a nascente.

‘Se não fazer esse serviço aí de formiguinha a coisa vai acabar, então a gente tem que fazer este cercado nas nascentes para não diminuir drasticamente o volume de água”, conta o fazendeiro Marcos Mori.

Nos últimos 14 anos a Delegacia do Meio Ambiente mapeou 490 nascentes na região metropolitana de Goiânia. A água de todas elas vai parar em um grande reservatório que abastece mais de 1,5 mil pessoas.

Quando o mapeamento começou a ideia era encontrar primeiro as nascentes principais, as mais importantes. A em Ouro Verde é uma delas, mas o fazendeiro não tinha muita preocupação com a nascente e por isso ela corria o risco de secar.

Hoje a área virou uma mini-floresta. O Paulo – que é o dono da fazenda – plantou ali mais de 600 árvores.  “O que eu gastei aqui foi muito barato, perto da retribuição que eu tive. Eu acredito que minha fazenda hoje vale mais do que valia antes, pela riqueza de água que ela tem hoje”, explica o produtor rural Paulo Jaime Filho.



Fonte: Jornal Nacional



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Holanda se torna o primeiro país sem cães abandonados – e não precisou sacrificar nenhum

Leia Mais