Notícias

ONU vê oceanos como fundamentais em planos contra mudança climática e pobreza

Compartilhe:     |  8 de junho de 2015

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, destacou nesta segunda-feira (8), Dia Mundial dos Oceanos, o papel-chave dos oceanos nas negociações internacionais para responder à mudança climática e impulsionar o desenvolvimento no mundo todo.

“Neste ano, os governos estão tentando adotar acordos emblemáticos sobre a mudança climática e para acabar com a pobreza. Para ter êxito, terão que prestar atenção no papel essencial dos oceanos”, destacou Ban em comunicado por causa do Dia Mundial dos Oceanos.

O principal responsável das Nações Unidas lembrou que os oceanos são “fundamentais para a saúde de nosso planeta e a prosperidade do povo”, por isso que defendeu que tenham um lugar destacado na nova agenda global de desenvolvimento.

Essa estratégia, que será aprovada neste ano para substituir os chamados Objetivos do Milênio, guiará a luta contra a pobreza no mundo todo durante os próximos 15 anos.

Ban lembrou nesse sentido que dois em cada cinco habitantes do mundo vivem perto de uma costa e três em cada sete dependem dos recursos marítimos para sobreviver.

Ao mesmo tempo, o líder da ONU destacou os riscos que a mudança climática tem para os oceanos, que absorvem boa parte das emissões de gases do efeito estufa, o que está afetando ecossistemas vitais como os recifes de coral.

“O Dia Mundial dos Oceanos é uma oportunidade para reforçar nossa determinação de apreciar, proteger e restaurar nossos oceanos e seus recursos”, disse Ban.

“Os oceanos são grandes, mas sua capacidade de resistir ao dano humano é limitada. Neste ano que pode ser crucial, devemos nos comprometer a usar os presentes dos oceanos de forma pacífica, equitativa e sustentável para as gerações vindouras”, acrescentou.

Dia Mundial dos Oceanos

Do comércio de alimentos à regulação do clima, os oceanos são parte integrante de toda a humanidade.

O Dia Mundial dos Oceanos é uma oportunidade de fazer uma reflexão sobre a importância dos oceanos para o desenvolvimento sustentável, é também um momento para reconhecer a necessidade de preservar a sua rica biodiversidade.

Clique aqui e conheça as Unidades de Conservação do bioma marinho costeiro administradas pelo ICMBio.



Fonte: Terra - EFE - ICMBio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais