Notícias

DiCaprio se consolida como ator e figura pública engajada na questão ambiental

Compartilhe:     |  30 de maio de 2015

Lá se vão mais de 15 anos desde que Leonardo DiCaprio subiu na proa do Titanic cenográfico de James Cameron avisando em alto e bom som que era o rei do mundo. De lá para cá, o ator, que muita gente apostou como sendo mais um galã de temporada, vem mostrando várias facetas ao público e contrariando o velho clichê de que seria apenas “mais um rostinho bonito”.

Hoje, já quarentão, DiCaprio fez questão de se enfear para muitos papeis e firmou-se como figura engajada em movimentos de proteção ambiental, protagonizando inclusive episódios engraçados como quando o site britânico “Female First” divulgou que o “amor dele pelo meio ambiente ia matar sua vida amorosa”. De acordo com o site, uma fonte próxima à namorada do ator na época (2012), a modelo Erin Heatherton, teria dito que Leo tomava dois banhos por semana para economizar água.

Fofocas à parte, o fato é que o astro tem se mostrado engajado de forma séria na causa. Seu novo projeto é um resort sustentável numa ilha deserta de Belize, na América Central. O complexo turístico pretende unir hotelaria com proteção ambiental e recuperar a natureza da área.


Ator discursa em encontro sobre meio ambiente na ONU

“Era como o céu na terra”, declarou DiCaprio sobre a região ao “The New York Times”. No entanto, nas últimas décadas o local teria sofrido uma grande deterioração ambiental pela atividade humana, segundo o jornal. A exploração desordenada por pescadores que destruíram os corais e por outros resorts no continente que levaram embora palmeiras para usar em seus projetos paisagísticos degradaram a região provocando erosão, desmatamento e encolhendo o tamanho da praia.

O ator comprou a ilha junto com um sócio, o empresário nova iorquino Paul Sciall, por US$ 1,75 milhão. O projeto prevê a construção de alojamentos para os turistas em uma enorme plataforma sobre a água, sob a qual serão instalados recifes artificiais para abrigar espécies marinhas. A intenção é replantar a vegetação nativa e trabalhar na conservação de várias espécies da fauna e da flora, ao mesmo tempo em que uma equipe de especialistas vai monitorar de forma permanente o impacto ambiental do complexo hoteleiro. O resort deve ficar pronto para receber hóspedes em 2018.

“Minha meta sempre foi criar algo não só ecológico, mas restaurador. Uma demonstração de que isso é possível”, explicou DiCaprio. “O principal objetivo é fazer algo que mude o mundo”, acrescentou. Mais do que reinar, o rei do mundo quer contribuir. O planeta agradece!



Fonte: Bayer Jovens



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais