Notícias

Dispositivo pode bloquear sons da rua – mesmo com as janelas abertas

Compartilhe:     |  17 de julho de 2020

Pesquisadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Singapura, desenvolveram um dispositivo capaz de bloquear parte do som externo – sem que, para isso, seja necessário manter as janelas fechadas.

O sistema funciona de forma similar aos fones de ouvidos mais modernos, que cancelam ruídos. Na janela, é implantado um conjunto de caixinhas de som com microfones que detectam ondas sonoras repetidas vindas da rua, como o barulho de vários carros em uma avenida engarrafada.

Esses sons ficam registrados no dispositivo. A partir daí, ele começa o trabalho de decifrar a frequência ideal para bloqueá-lo. Funciona assim: por meio de um algoritmo, o aparelho verifica se a onda é negativa ou positiva. Depois, ele gera uma frequência oposta e a emite através dos seus alto-falantes embutidos. Ao se encontrarem, elas se neutralizam, caracterizando um fenômeno físico chamado “interferência destrutiva”.

Pense nas ondas sonoras como aquelas cordas de CrossFit. No treino, você segura a corda em uma ponta e a balança para cima, enquanto o treinador, que está do outro lado, faz o movimento para jogar a corda para baixo. As ondas formadas, ao se encontrarem no meio do objeto, irão se neutralizar, sobrando apenas uma corda esticada no chão. Veja neste link como funciona o fenômeno de interferência das ondas.

A premissa é boa, mas infelizmente há alguns problemas que impedem que o mecanismo seja perfeito. Ele se mostrou útil anulando frequências entre 300 e 1000 Hertz (Hz), valor que caracteriza sons constantes de trânsito e aviões. Por outro lado, não foi capaz de captar ruídos esporádicos, com frequências inferiores a 300 Hz, como os emitidos por motos, caminhões, buzinas ou até mesmo vozes. Além disso, o aparelho só diminui o som em dez decibéis – o mesmo efeito de fechar uma janela.
Importante ressaltar que, até o momento, o estudo só foi realizado em ambientes controlados, sem testes no mundo real. Para a pesquisa, foram implantadas na janela 24 protótipos de caixas de som com cerca de cinco centímetros de diâmetro cada, que ficavam expostas a uma grande caixa de som reproduzindo sons da cidade.

Para cancelar ruídos em frequências mais baixas, seriam necessários alto-falantes maiores do que os utilizados na pesquisa, mas isso gera controvérsias. Os auto-falantes maiores iriam bloquear parte da vista da janela, além de barrar a entrada do vento, indo contra o plano inicial de manter um ambiente silencioso e fresco. Além disso, a estética pode não ficar tão agradável. De toda forma, o aparelho não deixa de ser um passo inicial para a solução dos problemas de quem vive em áreas movimentadas.

Lei do silêncio: mecanismo usa 24 alto-falantes que decodificam a frequência advinda da rua e a neutraliza. Scientific Reports / Universidade Tecnológica de Nanyang/Divulgação


Fonte: Superinteressante



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Doação de sangue em animais: como funciona e os requisitos para um animal ser doador

Leia Mais