Notícias

Do lixo ao luxo: artista usa materiais descartados para fazer música no RS

Compartilhe:     |  28 de fevereiro de 2015

Todos os dias, milhares de toneladas de garrafas PET, baldes, potes e outros objetos aparentemente inúteis são jogados fora. Uma parte é reciclada. Outra, acaba parando em lixões ou mesmo na natureza. Mas, em Pelotas (RS), esse lixo tem um destino muito mais nobre. Ele vira instrumentos musicais que, além de arte, trazem uma perspectiva para crianças e adolescentes da cidade.

A Orquestra Popular Anjos e Querubins foi fundada há 11 anos por Ben Hur Flores. Apesar de não ter formação musical, o artista é apaixonado por música e decidiu recolher lixo das ruas da cidade e transformá-lo em instrumentos. Além de promover limpeza urbana, Ben Hur ensina música a jovens em situação de risco social, trazendo uma nova perspectiva para eles.

Ben Hur é ainda voluntário na Escola Especial Para Cegos Luiz Braille, também em Pelotas. Nela, cegos aprendem a tocar música. Jefferson é um dos estudantes. Depois de sofrer uma cirurgia, perdeu a visão e a vontade de viver. A alegria foi recuperada depois que começou a frequentar as aulas na instituição.



Fonte: Rede Globo - Como Será?



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Holanda se torna o primeiro país sem cães abandonados – e não precisou sacrificar nenhum

Leia Mais