Espaço Animal

Educação canina para iniciantes: 5 dicas

Compartilhe:     |  26 de setembro de 2020

No caso de iniciantes, é conveniente que a educação canina seja realizada quando o cachorro ainda é filhote, porque, se os animais começarem a adquirir maus hábitos, será mais difícil erradicá-los depois.

Você não precisa fazer um curso ou se tornar um treinador de cães para ensinar ao seu animal de estimação o básico. Neste artigo, vamos passar algumas dicas e passos para uma boa educação canina para iniciantes.

Dicas de educação canina para iniciantes

Se é a primeira vez você tem um cachorro ou se você quer ensinar algo ao seu novo animal de estimação, mas nunca fez isso antes, não se preocupe… você não precisa se tornar um treinador profissional! Em primeiro lugar, se você é um novato em matéria de cachorros, aqui estão algumas dicas:

  1. Garanta suas necessidades básicas (alimentação, saúde, higiene, abrigo).
  2. Conheça e entenda seu animal.
  3. Permita que ele tenha contato com outros animais de estimação.
  4. Recompense seus comportamentos corretos e evite punições.
  5. Dê amor e companheirismo.
  6. Exercite-se com seu cão ou, pelo menos, saia uma vez por dia para uma caminhada.

Educação canina para iniciantes: filhotes

Bem, poderíamos dizer que é mais fácil treinar um filhote do que um cão adulto, embora haja exceções. Se você está buscando dicas de educação canina para iniciantes, a primeira seria começar o mais rápido possível. Dessa forma, você evita hábitos incorretos em seu animal de estimação que são replicados diariamente e se tornam mais difíceis de erradicar.

1. A prática é essencial

Tenha em mente que os cães são animais muito inteligentes, mas que precisam de alguma prática para manter um hábito. Por isso, recomendamos que você tire algum tempo todos os dias, mesmo que seja alguns minutos, para ensiná-lo. E, até ele aprender algo de forma perfeita, não passe para a próxima lição.

Educação de cães para os iniciantes

 

2. Equilibre ensino e brincadeiras

Os cães adoram brincar e se divertir, seja sozinhos, com seus tutores ou com outros animais de estimação. Por isso, no âmbito da educação canina para iniciantes, é aconselhável equilibrar entre momentos de ensino e lazer.

Educação de cães para os iniciantes

 

Se você encontrar um equilíbrio entre os dois, o animal aprenderá mais rápido e, além disso, gastará energia de tal forma que não terá problemas para descansar ou se comportar mal. Muitas vezes, as ‘travessuras’ são o resultado da falta de exercício ou de atividade física.

3. Faça-o se exercitar

Em relação ao acima exposto, outro conselho que pode ser muito útil, e que às vezes é negligenciado, é o fator exercício. Claro, porque um animal que correu, brincou, pulou e andou alguns minutos por dia estará mais cansado e mais calmo quando chegar em casa.

exercícios com os cães

 

Não é necessário chegar ao extremo da exaustão, mas sim gastar um pouco da energia acumulada. Considere também a idade e a raça, porque é provável que um braquicéfalo ou um cão idoso se canse mais do que um filhote ou um dálmata.

4. Manter uma atitude positiva

Outra dica de educação canina para iniciantes está relacionada com a forma como você é. Isso mesmo, porque se você estiver disposto a ensinar, com diversão, o animal vai responder de uma boa maneira.

reforço positivo em cães

 

Portanto, se um dia você se sentir doente, cansado ou mal-humorado, pode não ser conveniente dar uma aula ao seu animal de estimação. Espere para poder direcionar toda sua energia e atenção ao treinamento. Isso vai trazer melhores resultados.

5. Seja paciente

Além disso, outra virtude em que você deve trabalhar antes de treinar seu animal de estimação tem a ver com o comprometimento, a constância e, claro, a paciência que você emprega nessa tarefa. Um animal não aprende da noite para o dia, assim como uma criança não aprende a andar de um dia para o outro.



Fonte: My Animals



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais