Notícias

Efeitos da capsaicina da pimenta na saúde e no emagrecimento

Compartilhe:     |  21 de abril de 2021

Fisiologistas Turibio Barros e Gerseli Angeli explicam os benefícios e as propriedades termogênicas e antioxidantes da substância responsável pela ardência do alimento

A capsaicina é o composto bioativo responsável pela propriedade picante das pimentas. A sensação de “calor” que sentimos decorre do estímulo dos receptores de dor localizados na boca e sua potência é medida em SHUs (Scoville Heat Units) – por isso vemos essa sigla nos suplementos que contém capsaicina em sua composição. Muitos suplementos nutricionais agregam a capsaicina à lista de ingredientes devido a alguma de suas propriedades e benefícios:

Pimenta é fonte de capsaicina, componente que auxilia em dietas para perda de peso e na conquista de mais saúde e qualidade de vida — Foto: Istock Getty Images

Pimenta é fonte de capsaicina, componente que auxilia em dietas para perda de peso e na conquista de mais saúde e qualidade de vida — Foto: Istock Getty Images

  1. Termogênica, que auxiliaria na perda de peso;
  2. Aumento da queima de gordura, especialmente a abdominal;
  3. Diminuição do apetite;
  4. Antioxidante.

Apesar de existirem estudos atestando todas essas propriedades, não existe milagre. O aumento na taxa de metabolismo (consumo de oxigênio) proporcionado pela suplementação diária de capsaicina resulta num aumento do gasto calórico de aproximadamente 50 calorias por dia. O efeito é muito pequeno, ou seja, não podemos delegar nossa perda de peso apenas à suplementação com capsaicina.

Por outro lado, seus efeitos antioxidantes auxiliam no combate à inflamação crônica, o que pode contribuir para a diminuição do risco para doenças como câncer, derrame, doenças autoimune, doenças cardíacas etc. Dados de uma pesquisa bastante interessante chamada National Health and Nutritional Examination Survey (NHANES) associam o consumo de pimenta ao risco reduzido de morte precoce e os autores relacionam esse efeito ao alto poder antioxidante da capsaicina.

Com todos os benefícios associados, podemos perceber que a capsaicina é um componente bastante interessante para ser incluído no consumo diário para auxiliar em dietas para perda de peso e também para nos ajudar a conquistar mais saúde e qualidade de vida.

 

E para aqueles que se interessam em incluir ou aumentar o consumo de pimenta no dia-a-dia, mas não toleram a picância, saibam que a sensação de queimação diminui com o consumo mais frequente, pois os receptores de dor se adaptam gradativamente. Se ainda assim não tolerarem pimenta de jeito nenhum, existem os suplementos em cápsula.

Referência:



Fonte: Eu Atleta - Lafayette, Louisiana



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dente-de-leão: uma planta benéfica também para saúde dos cães

Leia Mais