Notícias

Elefantes são explorados em campanha contra apostas durante a Copa do Mundo na Tailândia

Compartilhe:     |  16 de junho de 2018

Nove elefantes do Palácio de Elefantes de Ayutthaya em Phra Nakhon Sri Ayutthaya, na Tailândia, foram obrigados a jogar futebol com estudantes da região. Eles participaram de uma campanha contra apostas durante Copa do Mundo 2018, que acontece na Rússia de 14 de junho a 15 de julho.

Antes do torneio covarde, os elefantes tiveram que participar de um desfile no estádio de uma escola local. Considerados “domesticados”, os animais selvagens sofrem diversos maus-tratos para que se comportem de forma tranquila em ambientes barulhento e cheios de pessoas, contrariando seus instintos naturais.

Eles ainda foram pintados com bandeiras de diversos países, e obrigado a participar de uma disputa de chute livre entre elefantes, antes de se juntarem a um jogo com uma equipe de oponentes humanos – atletas jovens da escola.

Os animais foram montados por pessoas usando estacas de madeira, com material pontiagudo na ponta, e batiam na cabeça dos animais para que seguissem suas ordens.

A atividade foi realizada na esperança de impulsionar o turismo da província histórica de Ayutthaya e levar as pessoas, especialmente crianças e jovens, a assistir aos jogos da Copa do Mundo nas próximas quatro semanas sem fazendo apostas.

Em 2014, a cidade também promoveu algo parecido, como é possível ver no vídeo. Elefantes sendo montados, pintados e recebendo espetadas na cabeça para correrem

A Tailândia é conhecida pela exploração de animais de prol do turismo, em caso já divulgados de macacos e passeios em elefantes.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais