Notícias

Elevação dos mares deve afetar 300 milhões de pessoas até 2050

Compartilhe:     |  30 de outubro de 2019
mudança climática colocará três vezes mais pessoas em risco de inundações litorâneas até 2050 do que se pensava anteriormente, de acordo com um estudo publicado nesta terça-feira, e tanto partes da Ásia quanto cidades da América do Norte e da Europa estão vulneráveis à elevação dos mares.

A pesquisa da Climate Central, uma organização de notícias e de ciência climática sem fins lucrativos sediada nos Estados Unidos, reforçou a escala dos transtornos projetados à medida que o aquecimento global ameaça cada vez mais algumas das regiões mundiais mais densamente povoadas.

O estudo mostrou que, atualmente, 300 milhões de pessoas moram em terras que provavelmente serão inundadas ao menos uma vez por ano em média até meados do século sem defesas adequadas contra o mar, mesmo que os governos consigam fazer cortes drásticos nas emissões.
Veja também

Estimativas anteriores haviam apontado uma cifra de 80 milhões. China, Bangladesh, Índia e Vietnã representam o grosso da população em risco.

Os autores disseram ter usado inteligência artificial para corrigir erros sistemáticos em um conjunto de dados anterior que deu a entender que muitas zonas costeiras habitadas estavam em locais mais elevados –e portanto mais seguras– do que de fato estão.

“Agora entendemos que a ameaça da elevação do nível dos mares e das inundações litorâneas é muito maior do que pensávamos antes”, disse Benjamin Strauss, executivo-chefe da Climate Central e coautor do estudo de três anos.

“Também é verdade que os benefícios de se cortar a poluição climática são muito maiores do que pensávamos antes — isto muda toda a equação custo-benefício”, disse Strauss à Reuters.

O perigo de os mares em elevação superarem a capacidade dos países para construir defesas litorâneas e forçarem muitas milhões de pessoas a migrarem foi visto durante muito tempo como um dos impactos mais potencialmente desestabilizadores da crise climática.

Os riscos foram ressaltados no mês passado, quando o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas (IPCC) publicou um relatório histórico segundo o qual o nível dos mares pode subir um metro até 2100 –dez vezes o ritmo visto no século 20– se as emissões de carbono continuarem aumentando.

Mesmo que os governos consigam conter em parte as emissões, o novo estudo publicado na Nature Communications afirma ser provável que cerca de 237 milhões de pessoas na China, Bangladesh, Índia, Vietnã, Indonésia e Tailândia enfrentem inundações anuais até meados do século a menos que estabeleçam defesas litorâneas adequadas.



Fonte: Exame - Reuters



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais