Notícias

Em 15 anos, quatro pessoas morreram atingidas por raios na Paraíba; Brasil tem 1,8 mil casos

Compartilhe:     |  22 de fevereiro de 2015

De 2000 até fevereiro de 2015, a Paraíba contabilizou quatro casos de mortes de pessoas atingidas por raios, sendo três deles até janeiro deste ano. Os dados foram repassados ao Portal Correio pela Secretaria Estadual de Saúde, neste sábado (21), mas os locais onde ocorreram esses casos não foram informados pela SES.

Foram duas mortes em 2004, uma em 2011 e a mais recente na sexta-feira (20), quando um estudante de enfermagem, de 22 anos, morreu algumas horas depois de ter sido atingido por uma descarga elétrica em São José de Piranhas, a 503 km de João Pessoa, no Sertão do estado. Esse caso de 2015 ainda não foi contabilizado pela SES.

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) informou que 50 milhões de raios caem todos os anos no Brasil. Segundo o Elat, foram registradas 98 mortes por raios no país em 2014, sendo uma a menos que em 2013. De 2000 a 2014, no Brasil, já são 1.792 mortes por descargas elétricas desse tipo.

De acordo com o Elat, os casos foram contabilizados em São Paulo (líder, com 17 mortes), Maranhão (16), Piauí (7), Amazonas e Pará (com seis mortes cada um). O relatório divulgado apontou que as cidades que tiveram o maior número de vítimas em 2014 foram São Paulo, com cinco vítimas no total; Praia Grande (SP), com quatro vítimas; Pauini (AM), Wanderley (BA) e Igarapé Grande (MA), com duas vítimas cada. Entre 2010 e 2014, apenas em um ano o número de mortes foi maior do que 100.

O Grupo mostrou que de cada 50 mortes no mundo por raios, uma ocorre no Brasil e as principais circunstâncias permanecem as mesmas de outros anos: 27% das vítimas estavam em atividades agropecuárias quando foram atingidas pelo raio e 20% estavam dentro de casa. Entre todas as vítimas, 56% viviam na zona rural.



Fonte: Portal Correio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais