Notícias

Emissões de gases produzidas pelo Prêmio Hugo Werneck são compensadas

Compartilhe:     |  3 de junho de 2016

5,5 toneladas de dióxido de carbono equivalente (tCO2e). Esse foi o número de emissões produzidas e compensadas pelo “Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza”, realizado no dia 23 de março, em Belo Horizonte.

A emissão foi calculada baseada no uso de combustíveis, além do consumo de efluentes sanitários e energia elétrica de uma média de 300 convidados, alguns vindos de outros estados, para o evento que reconhece iniciativas de proteção à natureza.

A compensação é realizada pela empresa WayCarbon que desenvolve estratégias para economia de baixo carbono, gases de efeito estufa e comercialização de créditos. Funciona da seguinte forma: a Way faz parcerias com pessoas, organizações ou eventos. Em seguida, faz um inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEE) produzidos pelo parceiro, baseado nas atividades exercidas por ele. Feito esse levantamento, é elaborado um projeto ambiental para a compensação desses gases.

No caso do Prêmio Hugo Werneck, as emissões foram neutralizadas por meio do projeto de carbono implementado no “Aterro Municipal de Manaus”, no estado do Amazonas, que consiste na coleta do gás de aterro e em seu aproveitamento para a geração de energia elétrica.

Você sabia?

Toda a geração de poluentes das produções mensais da Revista Ecológico, provenientes da utilização de gráfica, consumo de papel ou mesmo manutenção de aparelhos de ar-condicionado em sua sede, também é quantificada e compensada por meio de créditos de carbono.



Fonte: Revista Ecológico



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais