Notícias

Empaer qualifica quadro técnico para levar tecnologia e informação ao agricultor familiar

Compartilhe:     |  23 de maio de 2019

A Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), está promovendo o aprimoramento e os conhecimentos de seus quadros técnicos em diversas áreas por meio de cursos e oficinas de trabalho. O objetivo é levar tecnologia e informação ao agricultor familiar, além de melhorar as condições de vida no meio rural e diminuir as desigualdades sociais.

Segundo o gerente operacional de Produção Agropecuária e Ação Social da Empaer, Flávio Müller Borghezan, a meta, até o fim do ano, é capacitar o maior número possível de técnicos em atividades diversas, dos municípios jurisdicionados pelas 15 gerências regionais de Areia, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Patos, Picuí, Pombal, Princesa Isabel, Serra Branca, Solânea e Sousa. Ele lembrou que as capacitações ocorrem de acordo com as necessidades e as demandas das famílias agricultoras.

Conforme o calendário de programação, até o mês de dezembro, outros cursos serão realizados nas áreas de suinocultura, produção de maracujá, comercialização institucional (PAA e PNAE), turismo rural e artesanato. Integram ainda a programação as realizações de Dias de Campo sobre piscicultura, carcinicultura, produção e manejo de abacaxi, manejo na cultura de maracujá, além de dias especiais sobre a cultura do inhame.

Até agora, 74 técnicos receberam capacitações em cinco cursos de Avicultura Alternativa, Avicultura Avançada, Fruticultura, Formação de Líderes e Organização Rural. Também aconteceram cursos de Manipulação e Processamento de Alimentos, Boas Práticas de Fabricação de Queijos e de Fabricação de Bolos, destinados a agricultores familiares.

Cultura da Banana – Técnicos das gerências regionais da Empaer de Solânea, Areia e Guarabira participaram, entre os dias 14, 15 e 16 deste mês, em Borborema no Brejo paraibano, de uma capacitação sobre o cultivo da banana para se atualizarem quanto aos aspectos técnicos da cultura, a partir do preparo do solo até a comercialização. O treinamento, dividido em cinco módulos, teve uma duração de 24 horas/aula entre teóricas e práticas nas comunidades Camará, de propriedade do agricultor José Ronaldo da Costa e no Engenho Borborema, pertencente ao produtor João Gratuliano.

Entre outros temas, os 23 técnicos participantes do evento, receberam novos conhecimentos sobre a tecnologia de adubação e calagem, como também de novas cultivares, principalmente àquelas resistentes as doenças do Mal do Panamá e da Sigatoga Negra. Eles irão repassar os conhecimentos adquiridos para outros extensionistas rurais e produtores de suas regiões e, com isso, garantir o aumento da produção e da produtividade da banana.

Participaram como instrutores os engenheiros Agrônomos Ehremberg Pereira de Melo, Henrique Paz de Oliveira, Pedro Paulo Bezerra da Silva, Raimundo Sucupira, além da Bióloga Sandra Vidal. O evento teve parceria da Prefeitura Municipal de Borborema e contou na abertura, com a participação da prefeita Gilene Cândido, a qual tem envidado esforços para alavancar a cultivo da banana no município.



Fonte: Secom-PB



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais