Notícias

Empaer realiza Dia Especial sobre cultivo de palma forrageira em Água Branca

Compartilhe:     |  20 de setembro de 2019

A produção de palma forrageira destinada aos rebanhos bovinos, ovinos e caprinos em período de longas estiagens, nos últimos anos, tem se constituído em uma iniciativa que está cada vez mais evidenciada. A cultura tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer) vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, como também de prefeituras municipais e outras entidades ligadas ao setor produtivo rural.

Em parceria com a Empaer, a Prefeitura Municipal de Água Branca e a Fazenda Fushida, foi realizado o Dia Especial sobre o Plantio e Manejo da Palma Forrageira com a participação de agricultores e criadores de várias comunidades do município. Ao final, foram distribuídas oito mil raquetes de palma forrageira da variedade Palmepa PB-1, conhecida como “Mão de Moça”. No município já foram distribuídas 60 mil raquetes nos últimos três anos, com isso aumentando a produtividade, o que significa a garantia de ração para os animais durante todo o ano, segurança e renda para o produtor.

Durante o evento, o médico veterinário da Empaer Robison Lira falou sobre as características da região semiárida e das condições de clima que limitam o crescimento da maioria das forrageiras tropicais empregadas no Brasil. Segundo ele, as características naturais apresentadas por este bioma marcado por altas temperaturas e pouca chuva, criam uma condição favorável para que a palma forrageira se destaque como uma excelente opção para alimentação dos rebanhos bovinos, caprinos e ovinos.

Os agricultores conheceram as variedades resistentes à praga da cochonilha do carmim, as técnicas de preparo e conservação do solo, obtenção e preparo das raquetes, plantio, tratos culturais e colheita. São ações que têm acompanhamento do gerente regional da Empaer em Princesa Isabel, Hermes Maia. Também participaram do Dia Especial, o prefeito Everton Firmino Batista, o vice-prefeito José Beroaldo Gomes Andrade, o secretário da Agricultura do Município, Gustavo Gouveia.



Fonte: Secom-PB



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dia das crianças: não dê animal de presente!

Leia Mais