Notícias

Empresa de cosméticos lança frascos com vidro reciclado pós-consumo

Compartilhe:     |  31 de janeiro de 2015

Líder do setor de cosméticos, a Natura anunciou recentemente o lançamento das primeiras embalagens para a perfumaria feitas com vidro reciclado pós-consumo. Os primeiros frascos de fragrância contêm em média 20% de sua massa constituída por vidro reciclado pós-consumo.

Natura Humor, Kaiak clássico, Essencial masculino clássico e Natura Ekos Frescor foram as primeiras marcas escolhidas para serem comercializadas com as embalagens mais sustentáveis. A expectativa é que ao longo dos próximos anos o material seja introduzido em outras sub-marcas.

A utilização de material reciclado pós-consumo traz vantagens claras para o meio ambiente. A primeira delas é uma menor pressão sobre os recursos naturais, já que não será necessário produzir um novo material, mas apenas reutilizar o que já existe.

A companhia deu início às pesquisas para o uso de vidro reciclado nos frascos da perfumaria em 2006.

Segundo a companhia, a incorporação de vidro reciclado nas embalagens dos perfumes reduz a emissão de CO2 em 357 tCO2/ano, o equivalente à situação hipotética de um carro de passeio à gasolina dar 65 voltas na terra (deslocamento por volta de 2,6 milhões de km). Na primeira etapa desta iniciativa foram utilizadas aproximadamente 472 toneladas de vidro reciclado, o que evita o descarte de material equivalente a 1,368 milhão de garrafas de 600ml (com peso de 0,345 kg cada).

Visão de Sustentabilidade

O uso de material reciclado pós-consumo nas embalagens é uma das metas da nova Visão de Sustentabilidade da Natura. Até 2020, um dos desafios da empresa é utilizar, no mínimo, 10% de material reciclado pós-consumo na massa total das suas embalagens no Brasil. Apenas com a introdução do vidro reciclado pós-consumo nos frascos das suas principias linhas de perfume, nesse primeiro momento, o número atingido pela empresa mais que dobra passando de 1,2% para 2,6%.

A companhia deu início às pesquisas para o uso de vidro reciclado nos frascos da perfumaria em 2006. “Depois de diversos estudos e análises, conseguiu chegar a uma solução que fosse efetiva e preservasse o acabamento final de alta qualidade das embalagens, item de relevada importância para a categoria uma vez que interfere diretamente na decisão de compra”, destaca a empresa.



Fonte: EcoD



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais