Notícias

Encontrada em solo de Marte nave espacial britânica perdida desde 2003

Compartilhe:     |  16 de janeiro de 2015

A sonda espacial britânica Beagle 2, que estava perdida desde dezembro de 2003, foi encontrada em Marte por um satélite da Nasa que orbita o planeta vermelho, confirmou nesta sexta-feira (16) a Agência Espacial do Reino Unido, segundo a agência AFP.

O Beagle-2 “foi encontrado parcialmente implantado na superfície do planeta, acabando com o mistério sobre o que ocorreu com a missão há mais de uma década”, disse a agência em um comunicado.

 Foto divulgada pela Nasa mostra sonda Beagle 2, perdida em 2003 e encontrada por satélite que orbita Marte (Foto: Nasa/Divulgação)
Foto divulgada pela Nasa mostra sonda Beagle 2,
perdida em 2003 e encontrada por satélite que
orbita Marte (Foto: Nasa/Divulgação)

 

“Estou muito contente que o Beagle 2 finalmente foi encontrado em Marte”, disse Mark Sims, da Universidade de Leicester, no Reino Unido, em comunicado divulgado pela Nasa. Ele participou do projeto do Beagle 2 desde o início, liderando a fase inicial do estudo e atuando como gerente da missão.

‘Natal arruinado’
“Todo dia de Natal desde 2003 eu tenho me perguntado o que aconteceu com o Beagle 2. Meu Natal de 2003, assim como o de muitos outros que trabalharam no Beagle 2, foi arruinado pela decepção de não receber informações da superfície de Marte”, afirmou. “As imagens mostram que chegamos tão perto de atingir o objetivo de fazer ciência em Marte.”

A descoberta demonstra que “a sequência de entrada, descida e aterrissagem do Beagle 2 funcionou e a sonda pousou com êxito em Marte no Natal de 2003”, acrescentou a agência britânica sobre a nave batizada em homenagem ao barco “Beagle” com o qual o pai da teoria da evolução, Charles Darwin, fez suas pesquisas.

Não será possível ressucitar sonda
A nave, que tem menos de dois metros de comprimento, precisava se implantar completamente depois de aterrissar para entrar em funcionamento, já que era necessária a abertura total dos painéis solares para expor a antena RF, que iria transmitir os dados e receber os comandos a partir da Terra.

“Infelizmente, devido à implantação parcial”, lamentou a agência, “não será possível ressuscitar a Beagle 2 e recuperar os dados” da sonda. A nave foi uma ambiciosa colaboração entre a indústria, as universidades britânicas e a Agência Espacial Europeia.

O diretor deste organismo europeu, Jean-Jacques Dordain, comemorou nesta sexta-feira a descoberta. “O que foi encarado há 11 anos como um fracasso por fim não foi um fracasso total. Ao menos houve uma aterrissagem em Marte”, considerou Dordain.



Fonte: G1



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais