Notícias

Energia produzida pela torcida na Copa da Rússia ajuda a iluminar comunidade indígena

Compartilhe:     |  6 de julho de 2018

Em uma ação inédita no mundo inteiro, a marca global de cervejas Budweiser, patrocinadora oficial da Copa do Mundo, vai transformar simbolicamente a energia da torcida em luz para iluminar a comunidade de Itanhaém, na Grande Florianópolis, em parceria com o Litro de Luz, organização que já impactou a vida de mais de 7 mil pessoas.

Durante a Copa do Mundo, toda a energia da torcida que for aos Bud Basements – um projeto inspirado nos icônicos porões de Nova York e Berlim que revelaram grandes marcas, bandas e ideias pelo mundo, e que está transmitindo os jogos do Brasil em telões com visão de 360º – na região sul do Brasil, será convertida (simbolicamente) em iluminação: 25 postes serão instalados na comunidade no dia 8 de julho, levando ao pé da letra o tema da marca: Light Up The World.

Presente também em outras cinco cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Campina Grande, Manaus e Brasília, a organização se prepara para realizar sua maior ação: em parceria com a Associação de Produtores Rurais de Carauari (ASPROC), o Litro de iluminará mais uma vez a Amazônia levando energia solar sustentável para cerca de 50 comunidades ribeirinhas da região norte do país e beneficiando mais de 600 famílias.

Soluções ecológicas
No Brasil desde 2014, o Litro de Luz desenvolve soluções ecológicas e economicamente sustentáveis para combater a falta de iluminação nas cinco regiões do país, tendo impactado diretamente mais de seis mil pessoas. Foi por meio de uma solução acessível, criada pelo brasileiro Alfredo Moser, em 2002 – que usou garrafas pet abastecidas com água e alvejante para solucionar o problema da falta de luz dentro de casa –, que o movimento global Liter of Light foi criado nas Filipinas, em 2011.

Atualmente, a organização está presente em mais de 21 países e já impactou a vida de milhões de pessoas, além de ter recebido importantes premiações como o World Habitat Awards 2015, da ONU, e o Zayed Energy Prize, considerado o prêmio NOBEL de Energia Sustentável.



Fonte: EcoD



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais