Dicas Ecológicas

Ensine o seu filho a reconhecer e a valorizar a natureza

Compartilhe:     |  15 de março de 2020

O seu filho nunca está em contato com a natureza? É hora de mudar isso agora!

Antigamente todo bairro tinha uma praça, um parque ou um campinho, onde as crianças brincavam com os amigos. Essa liberdade proporcionada aos meninos e meninas daquela época, favorecia para que eles tivessem um contato maior com a natureza. Hoje, com o avanço dos centros urbanos – e o consequente aumento da violência – as crianças não brincam mais na rua.

Isso mudou tanto que em 2005 o escritor Richard Louv criou o termo “Transtorno do Déficit de Natureza (TDN)”, citado em seu livro “A última criança na natureza”, chamando a atenção para o impacto negativo que a falta de contato com o ambiente natural pode provocar na vida das crianças.

A solução, evidentemente, seria procurar ampliar o contato delas com a natureza, o que pode ser um pouco difícil para quem vive nas grandes cidades.

Mesmo assim, sempre é possível começar. E o primeiro passo é fazer programas em parques, jardins, borboletários, enfim, qualquer lugar que transporte o seu pequeno para um contato maior com a natureza. E este benefício se estende a todos, afinal, alguns estudos mostram que o contato com o verde reduz o estresse, melhora a concentração e aumenta o sentimento de bem-estar.

Por isso, relacionamos quatro dicas de passeios para fazer em família. Programe-se agora mesmo!

1. Borboletário Águias da Serra

É o maior borboletário do País e fica em São Paulo, capital. O parque fica dentro do novo Polo de Ecoturismo de São Paulo em uma área de proteção ambiental do Parque Estadual da Serra do Mar. Além da visita guiada é possível ver as centenas de borboletas bem de pertinho, inclusive pegá-las com a mão. O local oferece ainda passeio de caiaque, pesca esportiva, mini golfe e muitas outras atrações.

2. Ilha Anchieta

O Parque Estadual Ilha Anchieta (PEIA) protege a segunda maior ilha do Litoral Norte do estado de São Paulo. São 17 quilômetros de costões rochosos e sete praias de águas cristalinas que contrastam com o verde da Mata Atlântica.

Os visitantes podem usufruir de caminhadas ecológicas, mergulhar em águas claras, explorar um rico patrimônio histórico cultural ou apenas contemplar a paisagem exuberante. Na ilha há diversas espécies de aves, répteis e anfíbios, como sabiás, juritis, macacos, tartarugas, garoupas, lagartos e quatis. Há também animais marinhos, como as estrelas-do-mar, algas e peixes. Um passeio que as crianças certamente irão se surpreender! O telefone para mais informações sobre visitas é o (12) 3842-1231.

3. Floresta Aventura

Para quem está no Rio de Janeiro, o local oferece o maior circuito de arvorismo da cidade. Há percursos para adultos e crianças com mais de 30 desafios, obstáculos e tirolesas. O arvorismo é uma atividade que promove o contato das crianças com o ambiente natural de forma lúdica e divertida.

4. Cidade das Abelhas

Em funcionamento desde 1980 no município de Embu das Artes (SP), a Cidade das Abelhas oferece um contato próximo dos humanos com este inseto tão querido pelas crianças. O local fica em uma área de 100 mil metros quadrados de Mata Atlântica preservada e, dentre as atividades, é possível conhecer mais sobre a vida deste inseto passando por dentro de uma abelha gigante, onde há um apiário em produção. O local também oferece trilhas, labirinto e muitas outras atividades que proporcionam não só o contato com a natureza, mas também muito aprendizado.



Fonte: Pensamento Verde



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Por que os cães bebem muita água?

Leia Mais