Notícias

Epigenética: herança além dos genes para netos e bisnetos

Compartilhe:     |  29 de julho de 2018

Um sentimento como medo pode ser transmitido a outras gerações? Nossos hábitos alimentares afetam nossos netos e bisnetos? As experiências de vida são capazes de modificar o nosso DNA? As respostas estão na epigenética.

Ao final da Segunda Guerra Mundial, milhões de holandeses que viviam na parte do país ocupada pelos nazistas sofreram com o racionamento de comida. Milhares de pessoas morreram de fome, e até mulheres grávidas tiveram sua dieta reduzida a cerca de 400 calorias diárias. Décadas mais tarde, esse trágico episódio da história também impactou a biologia.

Nos anos 2000, diferentes grupos de cientistas passaram a estudar filhos e filhas dessas mulheres e descobriram que esses indivíduos, ao alcançarem idades entre 56 e 59 anos, apresentaram sérios déficits cognitivos associados a um processo de envelhecimento precoce.

As pesquisas também apontaram que netos (especificamente os filhos dos filhos) das gestantes expostas à fome apresentavam maior peso associado à obesidade do que descendentes daquelas que se alimentaram normalmente.



Fonte: Ciência Hoje



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais