Notícias

Especialistas e apaixonados pelos mares se reúnem em lives para celebrar Dia Mundial dos Oceanos

Compartilhe:     |  9 de junho de 2020

Os oceanos estão sendo degradados pelas atividades humanas que afetam a vida selvagem e as comunidades costeiras, além de impactar negativamente a saúde humana e a do planeta.

Para a ocasião do Dia Mundial dos Oceanos, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) realiza lives nesta quarta (10) sobre o que fazer para tornar a proteção dos oceanos uma prioridade nas políticas públicas, nas práticas do setor privado e nos hábitos dos indivíduos.

Dia Mundial dos Oceanos  que foi lembrado na última segunda-feira (8). Esse ecossistema amplo, berço de tanta vida, é frequentemente associado a férias, lugares paradisíacos ou fonte de bem-viver. Mas os mares e regiões costeiras representam muito mais do que isso.

Vivemos em um planeta azul, com oceanos cobrindo mais de 70% da superfície terrestre. As águas salgadas abrigam uma biodiversidade gigantesca da qual dependem mais de 3 bilhões de pessoas no mundo todo.

Mares e oceanos são fonte de alimento. Garantem a regulação climática em todo o planeta. As gramas marinhas asseguram a maior parte do oxigênio que respiramos. E o transporte internacional ocorre principalmente pelas vias marítimas.

Mesmo assim, os oceanos estão sendo degradados pelas atividades humanas que afetam a vida selvagem e as comunidades costeiras, além de impactar negativamente a saúde humana e a do planeta.

A sobrepesca, as mudanças do clima, o despejo de águas residuais e a poluição plástica – que já atingiu até os pontos mais profundos do oceano – ameaçam ecossistemas-chave e o próprio ser humano.

Diante desse cenário, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) traz a pauta dos oceanos para ser debatida virtualmente, enquanto enfrentamos a pandemia de COVID-19.

Será realizada uma live na quarta-feira (10) para estimular reflexões sobre como impactamos os oceanos e o que é possível fazer para popularizar a Agenda Azul e torná-la uma prioridade nas políticas públicas, práticas do setor privado e hábitos dos indivíduos.

“Queremos que a pauta dos oceanos extrapole as áreas acadêmicas e de ativismo onde está mais consolidada e que esse diálogo se torne uma conversa pública, para que possamos pensar coletivamente e internalizar no nosso dia a dia a importância de cuidarmos dos oceanos”, explica Vitor Pinheiro, responsável de campanhas do PNUMA, que mediará os debates.

Na quarta-feira (10), JP Amaral, mobilizador do Programa Criança e Consumo do Instituto Alana, e as defensoras da campanha Mares Limpos, Fê Cortez e Heloísa Schurmann, discutirão as formas de consumo e como estas se relacionam com a poluição dos mares na live “Para onde vai o que consumimos e descartamos?”, às 16 horas. A transmissão ocorre via canal do PNUMA no YouTube (youtube.com/PNUMABrasil).

Parcerias no Dia Mundial dos Oceanos

Em parceria com o Grupo Cataratas, o PNUMA irá promover nesta segunda-feira (8), às 19h, o “Papo entre Surfistas”, com Carlos Burle (surfista de ondas grandes), Rodrigo Thomé (criador da produtora Peixe Voador) e Matheus Navarro (surfista profissional). O evento será transmitido pelo youtube.com/grupocataratas.

No final do dia, o PNUMA participará da Ecosurf Talks, às 20h, um papo especial onde serão abordadas as pautas ambientais da ONU no Brasil e alguns resultados da campanha Mares Limpos. Além disso, a conversa tratá discussões sobre como o engajamento, a comunicação e a mobilização social ajudam na conscientização sobre a importância de manter os oceanos limpos. A transmissão será pelo Instagram das duas organizações (@unep_pt e @ecosurfoficial).

Lançamento de relatório

A importância das gramas marinhas é destacada em um novo relatório, “Out of the Blue: O valor das gramas marinhas para o meio ambiente e as pessoas”, lançado pelo PNUMA, juntamente com o GRID-Arendal e o Centro de Monitoramento para a Conservação Mundial (UNEP-WCMC).

Sobre a Mares Limpos

A campanha #MaresLimpos do PNUMA chegou no Brasil em setembro de 2017 com objetivo de reduzir os impactos dos plásticos descartados nos oceanos. A campanha atua mobilizando governos, empresas e sociedade civil para mudar as formas de produzir, consumir e descartar o plástico e evitar que chegue aos oceanos.

Entre suas diversas iniciativas, a Mares Limpos busca sensibilizar governos a criarem políticas para redução do plástico, dialogar com indústrias para incentivar a redução de embalagens plásticas e convocar consumidores a mudarem seus hábitos de consumo e descarte.

Sobre o PNUMA

O PNUMA é a principal voz global em temas ambientais. Ele promove liderança e encoraja parcerias para cuidar do meio ambiente, inspirando, informando e capacitando nações e pessoas a melhorarem a sua qualidade de vida sem comprometer a das futuras gerações.



Fonte: ONUBr



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais