Notícias

Espécie de lagarto é identificada em estômago de dinossauro de 120 milhões de anos

Compartilhe:     |  15 de julho de 2019

O fóssil quase completo de um lagarto foi encontrado dentro do estômago de um Microraptor, dinossauro que viveu cerca de 120 milhões de anos atrás. O réptil era desconhecido até então, mas o esqueleto estava tão bem conservado que pôde ser estudado e classificado.

A espécie foi batizada de Indrasaurus wangi por cientistas do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia em Pequim, na China. O nome refere-se a uma lenda da Civilização Védica, na qual o Deus Indra foi engolido por um dragão durante uma grande batalha.

O Microraptor e o lagarto são as descobertas mais recentes que emergiram do nordeste da China, onde uma série de erupções vulcânicas entre 130 e 120 milhões atrás matou muitos animais. Segundo especialistas, alguns espécimes foram transformados em cinzas, enquanto outros acabaram preservados no fundo de lagos.

Este é o quarto fóssil de Microraptor encontrado com conteúdos estomacais identificáveis. Com isso, os pesquisadores puderam deduzir que o dinossauro se alimentava de mamíferos, pássaros, peixes e lagartos. Neste caso, os cientistas afirmaram que o Indrasaurus wangi foi engolido de cabeça, da mesma forma que muitos pássaros e répteis vivos predam atualmente.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Projeto de lei ‘Animal não é coisa’ é aprovado pelo Senado

Leia Mais