Notícias

Estado de emergência na Sibéria por causa de um enorme desastre ambiental perto do Círculo Polar Ártico

Compartilhe:     |  7 de junho de 2020

No rio Ambarnaya, na Sibéria, um enorme derramamento de óleo diesel e de lubrificantes foi causado por uma companhia russa de mineração e metalúrgica, chamada Norilsk Nickel.

20 mil toneladas foram parar no rio que abastece a cidade de Norilsk, que fica a cerca de 240 km ao norte do Círculo Polar Ártico. O presidente russo, Vladimir Putin, declarou estado de emergência.

Ver imagem no Twitter

O material poluente vazou do tanque de uma usina termelétrica da empresa, gigante no seu setor, atualmente a maior produtora de níquel do mundo, a qual fora acusada de tentar esconder os fatos, não tendo relatado o acidente em tempo hábil. O derramamento dos derivados de petróleo foi notado no último dia 29 de maio.

Ver imagem no TwitterVer imagem no TwitterVer imagem no TwitterVer imagem no Twitter

Segundo o la Repubblica, trata-se do segundo maior acidente ambiental da história da Rússia moderna, em termos de volume de substância tóxica derramada.

O ministro russo para emergências, Evgeni Zinitchev, anunciou a abertura de uma investigação e um funcionário da usina foi preso. Agora a urgência é tomar as precauções para que o óleo não siga se alastrando, e poluindo o delicado ecossistema daquela localidade.



Fonte: GreenMe



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais