Notícias

Estudante faz documentário para alertar sobre proteção de animais marinhos e oceanos

Compartilhe:     |  22 de outubro de 2016

De maneira semelhante a muitos ativistas, Ella Van Cleave ficou comovida por uma série de imagens. Neste caso em particular, as imagens eram de “The Cove”, um documentário que expõe o assassinato de mais de 20 mil golfinhos e botos na costa do Japão a cada ano.

Embora a carne destes animais possua níveis tóxicos de mercúrio, ela ainda é vendida para o Japão e para outras partes da Ásia, muitas vezes disfarçada como carne de baleia.

Ella ficou tão perturbada com o vídeo que decidiu fazer algo a respeito. Ela entrou na internet para descobrir sobre as dificuldades que golfinhos enfrentam devido às ações humanas. Seu interesse repentino e ávido pelo assunto  fez com que ela ganhasse um novo apelido: “Dolphin Girl” (Garota Golfinho).

Apesar de Ella achar o apelido simpático e cativante, depois de todas as informações perturbadoras que aprendeu sobre a vida marinha e a depreciação dos oceanos, ela não quer ser considerada apenas alguém que “se preocupa com golfinhos e com o oceano”.

Em vez disso, ela acredita que todos deveriam se preocupar com o ambiente marinho e espera que seus esforços inspirem outras pessoas. No entanto, como Ella aponta, nem todo mundo sente esse encantamento pelos oceanos e muitos não percebem como a sobrevivência humana depende dos oceanos.

A pesca, as 8,8 milhões de toneladas de plástico que se acumulam nos mares a cada ano e a proliferação de algas tóxicas e zonas mortas causadas pelas fazendas industriais nesses ambientes evidenciam a seriedade do problema.

Para lembrar as pessoas sobre os oceanos e golfinhos majestosos, Ella planeja fazer um documentário intitulado “To the Sea”.
“To The Sea é um projeto totalmente estudantil que traz uma nova perspectiva sobre temas relacionados à conservação marinha e destaca como a relação da humanidade com o mar mudou e que medidas são necessárias para remediar os danos que temos causado. É uma história repleta de desespero e esperança, e sabe qual é a melhor parte? Nós podemos escolher como isto termina”, explica.

Para realizar o filme, Ella e sua equipe lançaram uma campanha com o objetivo de arrecadar dinheiro para comprar os equipamentos necessários para capturar com precisão a beleza do oceano, reporta o One Green Planet.

Ella espera que o filme “coloque a conservação em evidência” e faça as pessoas perceberem que, embora os oceanos sejam conhecidos por serem misteriosos, explorá-los pode ser emocionante e incrivelmente pessoal. Para ajudar Ella em sua missão clique aqui.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais