Notícias

Estudo: Máscara usada pode ser pior do que não usar nada

Compartilhe:     |  17 de dezembro de 2020

Uma pesquisa publicada no último dia 10 no periódico científico Physics of Fluids revelou que usar uma máscara que já foi utilizada pode não ser boa ideia. Isso porque usar o acessório faz com que o fluxo de ar diminua, tornando mais provável que o indivíduo aspire partículas. Não haveria problemas se a pessoa estivesse bem protegida, mas  máscaras usadas são incapazes de filtrar as partículas menores, colocando o indivíduo em perigo.

Ainda de acordo com o estudo, máscaras cirúrgicas de três camadas filtram 65% do ar quando novas, porém somente 25% na segunda vez em que são utilizadas. Ainda que sejam capazes de reter partículas maiores do que 5 micrômetros, aquelas menores que 2,5 passariam pelas barreiras do acessório.

Assim, os pesquisadores alertam para o fato de que não se deve confiar em máscaras feitas com materiais ineficazes e tampouco em máscaras eficientes, porém usadas.

 



Fonte: Veja - Sabrina Brito



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais