Notícias

Estudo revela que a aspirina pode evitar danos ao pulmão, causados pela poluição do ar

Compartilhe:     |  9 de outubro de 2019

Um novo estudo é o primeiro a relatar a possibilidade de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) – como a aspirina – em reduzir os efeitos negativos da exposição à poluição do ar sobre a função pulmonar.

Uma equipe de pesquisadores da Columbia Mailman School of Public Health, em colaboração com a Harvard Chan School of Public Health e a Boston University School of Medicine, publicou os resultados do estudo no American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine.

Para chegar ao ponto de afirmar que a aspirina pode ajudar a reduzir os danos causados ​​pela poluição atmosférica nos pulmões, os pesquisadores analisaram os dados de uma amostra de 2.280 homens idosos (idade média de 73 anos) que foram submetidos a um teste para determinar a função pulmonar deles.

Especialistas examinaram a relação entre os resultados do teste, com o uso de AINEs relatados pelos participantes, o nível de material particulado (PM) e pó preto no mês anterior ao teste.

Eles então consideraram uma variedade de fatores, incluindo a saúde do participante, por exemplo se era ou não fumante.

Assim, os pesquisadores descobriram que o uso de algum AINE esteve associado à metade do efeito prejudicial da PM na função pulmonar. E como a maioria dos participantes tomava entre os medicamentos AINEs, a aspirina, os pesquisadores concluíram que o efeito observado foi principalmente devido a este medicamento, mas acrescentaram que os efeitos dos AINEs que não são aspirina merecem uma investigação mais aprofundada.

Mas como esse estranho efeito benéfico da aspirina pode ser explicado?

O mecanismo é desconhecido, mas os pesquisadores levantam a hipótese de que os AINEs são capazes de agir de alguma maneira na inflamação causada pela poluição do ar.

“Nossos resultados sugerem que a aspirina e outros AINEs podem proteger os pulmões aos picos de curto prazo de poluição do ar. “É claro que ainda é importante minimizar nossa exposição à poluição, que está ligada a uma série de efeitos negativos à saúde, do câncer às doenças cardiovasculares”, disse o principal autor do estudo, Xu Gao, PhD.

Obviamente, o estudo não conclui recomendando o uso de aspirina para combater a inflamação pulmonar devida à poluição atmosférica, mas a pesquisa revela novos aspectos sobre um dos medicamentos mais conhecidos e usados no mundo.



Fonte: Greenme



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Saiba como proceder em caso de envenenamento de cães e gatos

Leia Mais