Notícias

EUA vão executar programa piloto de desenvolvimento de remédios sem testes em animais

Compartilhe:     |  27 de janeiro de 2021

Dentre os animais explorados em testes, estão cachorros, porcos, macacos, gatos, porquinhos-da-índia, camundongos e coelhos

Os Estados Unidos irão executar um programa piloto que visa desenvolver remédios sem a exploração de animais em testes.

De acordo com a Food and Drug Administration (FDA), o programa “Abordagens de Ciência e Tecnologia Inovadoras para Novos Medicamentos (Istand)” deve auxiliar na integração de novas ferramentas científicas e tecnologicas que façam uso da biologia humana para prever resultados em humanos.

Nos últimos cinco anos, reuniões de representantes da FDA e do Comitê Médico pela Medicina Responsável (PCRM em inglês) têm analisado meios de desenvolver medicamentos sem explorar animais em experimentos. Como resultado das reuniões, surgiu o programa piloto.

“Tínhamos que garantir que um caminho para a aceitação de abordagens não animais fosse estabelecido”, informou o Comitê.

“Também defendemos a necessidade desse caminho em nossas contribuições ao Comitê Coordenador Interinstitucional sobre Validação de Métodos Alternativos e ao Comitê Consultivo Científico sobre Métodos Toxicológicos Alternativos, que são dois comitês que influenciam a FDA”, completou.

O órgão lembrou que, dentre os animais explorados em testes, estão cachorros, porcos, macacos, gatos, porquinhos-da-índia, camundongos e coelhos. Segundo o Comitê, esses animais “são usados experiências dolorosas como parte do desenvolvimento de drogas [farmacológicas]”.

“Estamos cada vez mais determinados e motivados para alcançar nosso objetivo final: o fim do uso de animais no desenvolvimento de medicamentos”, concluiu.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais