Notícias

Falta de verde em São Paulo pode contribuir com estiagem, dizem especialistas

Compartilhe:     |  5 de setembro de 2014

O desmatamento de áreas verdes nas margens de rios e córregos contribui para a crise hídrica que afeta São Paulo. Segundo o coordenador do Movimento Água para São Paulo, Samuel Barreto, tanto a quantidade quanto a qualidade da água são afetadas pela falta de vegetação.

O especialista explica que a falta de verde na capital paulista contribui para o aumento da estiagem.

“Essa crise de água é em função dessa perda de floresta. Nós perdemos mais de 70% da cobertura florestal original e isso tem um impacto direto na qualidade e na quantidade de água”, explica.

De acordo com o professor de botânica da Universidade de São Paulo (USP) Marcos Buckeridge, as árvores podem perceber a seca e se preparam para isso eliminando suas folhas, o que acaba prejudicando também a qualidade do ar.

“Elas jogam todas ou parte das folhas fora para evitar essa perda de água. Muitas árvores, inclusive, desligam o sistema de circulação de água quase que completamente”, afirma Buckeridge.

É possível requerer o plantio de árvores ou denunciar o desmatamento de áreas verdes por meio do número 156.



Fonte: G1



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais