Notícias

Família emagrece 90 quilos após adotar estilo de vida mais saudável

Compartilhe:     |  5 de janeiro de 2020

Algumas das promessas de ano novo mais comuns são passar a ter um estilo de vida mais saudável e, consequentemente, emagrecer. Este objetivo foi alcançado em 2019 pela dona de casa Alice Roberta, de 40 anos. Além de atingir sua meta, ela ainda influenciou o marido e o filho a seguir pelo mesmo caminho. Dez meses após adotarem um estilo de vida mais saudável, eles, juntos, perderam 90 quilos.

— Comecei com 125 quilos e hoje peso 68. É quase a metade do que eu pesava, e a diferença é enorme. Antes, eu não tinha prazer em sair para me divertir com a minha família. Isto foi uma das coisas que a obesidade me tirou. Hoje me sinto muito mais disposta e com vontade de aproveitar a vida — afirma Alice, que foi submetida a uma cirurgia bariátrica.

Após estabelecer sua meta ainda em 2018, ela procurou ajuda na rede pública de saúde e foi operada pelo Programa Estadual de Cirurgia Bariátrica, em fevereiro do ano passado.

— Posso dizer que, com toda certeza, o apoio da minha família foi fundamental. Se os que estão com você não apoiarem, fica difícil. Meu esposo, além da alimentação mais saudável, iniciou atividade física para me acompanhar. Com isso, já eliminou 24 quilos nesses quase dez meses, e meu filho, com o nosso exemplo, perdeu cerca de nove quilos — afirma Alice.

Filho de Alice perdeu nove quilos.
Filho de Alice perdeu nove quilos. Foto: Álbum de família

Embora as cirurgias tenham um histórico positivo no tratamento da obesidade, elas não são promessa de magreza permanente. Por isso, a mudança do estilo de vida e o acompanhamento médico são fundamentais para não recuperar o peso perdido após a cirurgia. Estudos internacionais indicam que entre 20% e 40% dos pacientes têm reganho de peso depois de dois anos. Esse aumento equivale a engordar, pelo menos, entre 10% e 20% sobre o menor peso alcançado no pós-operatório, mas há casos de pessoas que recuperam todo o peso perdido.

Muitas questões costumam interferir no período logo após a diminuição do estômago, entre elas reações a medicamentos, problemas clínicos como hipotireoidismo e, também, aspectos comportamentais.

— É um trabalho de resgate desses pacientes. Devolvemos à sociedade o paciente antes obeso, que não trabalhava, que tinha vergonha de comprar roupas e que não tinha mais vida afetiva. Hoje estão empoderados, realizados e com qualidade de vida — diz Cid Pitombo, cirurgião que é referência no combate à obesidade.

Como perder peso e manter a saúde

Reeducação alimentar

Um dos primeiros passos para conseguir emagrecer é fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Procure a ajuda de um nutricionista para planejar a sua reeducação.

Atividade física

Procure uma atividade física que seja prazerosa para você. Assim, você estará aumentando as suas chances de continuar com a prática e deixar de lado uma vida sedentária.

Antes da bariátrica

Muitas pessoas acham que, com a cirurgia bariátrica, não é preciso fazer nada para emagrecer. Mas ela demanda emagrecimento prévio e uma reeducação alimentar para manter a saúde depois.

Depois da cirurgia

O pós-operatório demanda muito cuidado com a alimentação, que deve ser líquida no começo. Os pacientes ainda precisam complementar nutrientes como como cálcio e vitamina B.



Fonte: Extra - Evelin Azevedo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Emocionante: vídeo mostra tartarugas-marinhas sendo salvas por pescadores no litoral catarinense

Leia Mais