Notícias

FAPESP participa de webinário sobre oportunidades de investimentos verdes

Compartilhe:     |  24 de abril de 2021

No Dia da Terra, comemorado na última quinta-feira (22/04), a FAPESP participou do webinário “O Futuro da Economia de São Paulo: Oportunidades para Investimentos Verdes”. Organizado pelo governo do Estado de São Paulo, o evento reuniu secretários de governo, representantes de agências de fomento e investimento e empresários.

“São Paulo é um excepcional local para se investir de forma sustentável. Temos segurança jurídica, ética e compromisso com o meio ambiente”, disse o governador João Doria. Ele elencou uma série de iniciativas implementadas pelo governo, da preservação da Mata Atlântica a programas que conciliam a produção do agronegócio e a preservação do meio ambiente, orientadas pela pesquisa. “A FAPESP consolida os investimentos que São Paulo faz em ciência e tecnologia”, sublinhou o governador.

Marco Antonio Zago, presidente da FAPESP, afirmou que São Paulo é um Estado Verde porque cuida da reserva natural, respeita o ambiente e tem uma agricultura moderna baseada em ciência. “Mas, principalmente, somos produtores de soluções tecnológicas e inovadoras que protegem o planeta”, acrescentou, citando o exemplo de programas estratégicos da Fundação, como os de Bioenergia (BIOEN), Biodiversidade (BIOTA) e Mudanças Climáticas, além de estudos sobre a Amazônia, que já apoiaram mais de 3.500 projetos de pesquisa sobre a produção de energia limpa, uso sustentável da biodiversidade, mitigação do impacto do clima entre outros (leia mais em fapesp.br/publicacoes/2021/susten.pdf).

“Além disso, a FAPESP apoia pequenas empresas com iniciativas inovadoras em Economia Verde e mantém parcerias com grandes empresas em projetos relacionados à química verde, uso de gás natural, entre outros”, acrescentou, referindo-se aos Programa de Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) e aos Centros de Pesquisa em Engenharia (CPEs).

Zago adiantou que, no próximo dia 23 de maio, quando a FAPESP dará início a uma série de atividades em comemoração aos seus 60 anos – que serão completados nas mesma data de 2022 –, será inaugurado um portal que dará acesso a todos os projetos de pesquisa e iniciativas da Fundação indexados aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). “O nosso objetivo é mostrar que os recursos investidos pela FAPESP se traduzem em ações concretas, intrinsicamente ligadas à melhoria da vida das pessoas e do planeta.”

“É um alento ver a FAPESP firme e forte, com recursos garantidos e tendo avançado no modelo de investimento em pesquisa aplicada e risco compartilhado”, disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico. “A FAPESP tem sido fonte de financiamento para a pesquisa nacional.”

No evento, o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, apresentou iniciativas da Pasta, como a despoluição do rio Pinheiros, por meio do desenvolvimento do saneamento básico, gestão de resíduos sólidos e educação ambiental, que possibilitarão o uso das margens do rio pela população; e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, citou, entre outros, o programa Cidadania no Campo, que está digitalizando propriedades rurais em todo o Estado e que, por meio de um acordo com o Google, atribuirá endereços a todos os moradores de áreas rurais em São Paulo.

Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional, apresentou o programa ICMS Ambiental, que recompensará municípios com iniciativas adequadas de gestão de resíduos sólidos, energia limpa e de restauração da biodiversidade, que deverá entrar em vigor no próximo ano; e Wilson Mello, presidente da InvestSP, informou que a agência conta, atualmente, com uma carteira de 30 projetos relacionados a temas ambientais, que totalizam R$ 21 bilhões e que deverão gerar 90 mil empregos.

Também participaram do webinário o embaixador Affonso Massot, secretário executivo de Relações Internacionais do Estado de São Paulo; Carlo Pereira, diretor do Pacto Global da ONU; Daniel Sonder, CFO da B3 da Bolsa de Valores de São Paulo; Marta Pinheiro, e a diretora executiva da XP; e Isabela Pascoal, diretora do grupo DPascoal.



Fonte: Agência FAPESP



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dente-de-leão: uma planta benéfica também para saúde dos cães

Leia Mais