Notícias

Fernando de Noronha conta com bicicletas elétricas para redução de emissões

Compartilhe:     |  24 de agosto de 2014

Com o objetivo de promover a redução da emissão de gás carbônico (CO2) no arquipélago mais conhecido do país, em julho, o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE) recebeu 25 bicicletas elétricas. A ação faz parte do Plano Noronha Carbono Neutro, que pretende transformar o local no primeiro território nacional a diminuir e compensar as emissões de gases poluentes.

As bicicletas elétricas atingem velocidade máxima de 25 km/h e possuem freios dianteiro e traseiro a disco. Com um peso de, aproximadamente, 25,5 kg, elas suportam uma carga de até 100 kg e precisam de quatro a seis horas para recarregar a bateria.

Para a utilização, os turistas devem pagar aluguel diário nos Postos de Informação e Controle (PICs) do Golfinho, Sueste e Boldró. O projeto também visa conscientizar a comunidade local e os turistas, já que, além do prazer da atividade em si, a pessoa passa a contribuir para a redução de emissões de carbono a um custo reduzido, uma vez que o valor cobrado para o aluguel é somente o custo de manutenção da atividade.

A estimativa é de que até o fim de 2014, quando o arquipélago contará com mais 25 bicicletas elétricas, a Unidade de Conservação (UC) implemente o sistema de compartilhamento desse meio de transporte para otimizar a locomoção dos turistas dentro da ilha.

Plano Noronha Carbono Neutro

Com uma população média de 4.000 pessoas, incluindo os turistas, a emissão per capta de Fernando de Noronha é de 8,92 tCO2e, cerca de quatro vezes a do Brasil, que é 2,2 tCO2e.

Para reduzir os impactos, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) lançou o Plano Noronha Carbono Neutro, que além de transformar a ilha de no primeiro território a reduzir e compensar as emissões, busca torná-la referência de novas tecnologias sustentáveis.

 



Fonte: Pensamento Verde



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Aromaterapia para cães tem vantagens, mas exige conhecimento

Leia Mais