Notícias

Formação de galáxias pode ter começado 500 milhões de anos após Big Bang

Compartilhe:     |  5 de junho de 2020

Novas observações do Telescópio Espacial Hubble sugerem que a formação das primeiras estrelas e galáxias se deu quando o Universo tinha apenas 500 milhões de anos. A descoberta foi feita por astrônomos da Agência Espacial Europeia (ESA) e foi apresentada nesta semana durante a 236ª reunião da Sociedade Astronômica Americana, que está sendo realizada de forma online por conta da pandemia de Covid-19.

Segundo os cientistas, esta “comunidade” de astros primários é conhecida como População III e nasceu a partir da matéria primordial que emergiu do Big Bang. Essas estrelas provavelmente surgiram exclusivamente de hidrogênio, hélio e lítio, os únicos elementos que existiam à época.

Os astrônomos da ESA focaram suas análises no aglomerado de estrelas MACSJ0416, que surgiu entre 500 milhões e 1 bilhão de anos após o Big Bang a cerca de 4 bilhões de anos-luz da Terra. “Não encontramos evidências de estrelas da População III de primeira geração nesse intervalo de tempo cósmico”, disse Rachana Bhatawdekar, líder do estudo, em declaração à imprensa.

This image from the NASA/ESA Hubble Space Telescope shows the galaxy cluster MACS J0416. This is one of six clusters that was studied by the Hubble Frontier Fields programme, which yielded the deepest images of gravitational lensing ever made. Scientists  (Foto: NASA, ESA, and M. Montes (Univer)
O aglomerado MACS J0416 (Foto: NASA, ESA, and M. Montes)

Tendo isso em vista, o grupo desenvolveu uma técnica que permitiu descobrir galáxias com massas menores a uma distância correspondente a de quando o Universo tinha menos de um bilhão de anos. Neste ponto do tempo cósmico, a falta de estrelas exóticas e a presença de muitas galáxias de baixa massa apoiam a hipótese de que esses sistemas foram os responsáveis por reionizar o Universo — e foi justamente esse evento que permitiu o surgimento da População III.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais