Notícias

Fumantes têm 14 vezes mais chances de desenvolver casos graves de Covid-19

Compartilhe:     |  5 de abril de 2020

As pessoas que fumam têm 14 vezes mais chances de desenvolver quadros graves de Covid-19 do que os pacientes que não possuem o hábito. Isso foi o que constatou um grupo de pesquisadores da Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong, em Wuhan, na China.

O estudo, que foi publicado pela equipe no Chinese Medical Journal no fim de fevereiro, também constatou que até aqueles com histórico de tabagismo têm um risco 14% maior de desenvolver pneumonia quando infectados pelo novo coronavírus. Segundo os especialistas, isso acontece porque fumar causa um quadro inflamatório crônico nos pulmões.

“Sabe-se que o tabaco danifica os pulmões e as vias aéreas, causando uma série de problemas respiratórios graves”, afirmaram os porta-vozes do Sistema de Saúde Pública da Inglaterra, segundo o The Irish Post. “As evidências mostram claramente que o vírus causador da Covid-19 ataca o sistema respiratório, o que explica por que os fumantes correm maior risco.”

Além disso, outro risco associado ao tabagismo é que o hábito de fumar requere colocar as mãos frequentemente nos lábios, o que aumenta a chance de infecção pelo vírus. “À luz dessa pandemia sem precedentes da Covid-19, nunca houve um momento mais importante para parar de fumar”, disse John Newton, diretor do sistema de Saúde Pública da Inglaterra, como relatou o Metro.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Emocionante: vídeo mostra tartarugas-marinhas sendo salvas por pescadores no litoral catarinense

Leia Mais