Notícias

Gado da PB morre por causa da seca, mas donos não informam para continuar recebendo forragem

Compartilhe:     |  1 de março de 2015

Além da escassez de água e da falta de forragem para alimentar o rebanho bovino da Paraíba, fraudes e sonegação de informação para beneficiamento indevido através de subsídios do Governo Federal passaram a fazer parte da realidade do produtor rural em tempos de estiagem.

Embora a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) estime que a Paraíba tenha hoje mais de 100 mil produtores rurais e, aproximadamente, 1,3 milhão de cabeças de gado, estes quantitativos não condizem com a realidade do rebanho no quarto ano consecutivo de seca.

Na cidade de Assunção, região do Cariri, por exemplo, um único produtor perdeu 536 reses, somente em 2013. “É impossível que acreditemos que o rebanho está do mesmo tamanho que em 2011, quando chovia. Muitos produtores perderam tudo ou quase tudo, mas dão o ‘famoso jeitinho brasileiro’. Há muitas denúncias de fraude. Enquanto a gente perdia o rebanho, alguns produtores aumentavam a quantidade de reses em suas declarações para receberem mais forragem”, afirmou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa), Mário Borba.



Fonte: Portal Correio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais