Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Compartilhe:     |  11 de outubro de 2020

Os gatinhos gostam da areia sempre muito limpa, por isso a recomendação é limpá-la todos os dias. Mas não é preciso trocar. Basta retirar as fezes e os torrões de urina.

Não alimente seu pet com ração para cachorro. Tenha certeza de que o alimento é apropriado e de boa qualidade, com quantidade suficiente de proteínas.

Gatos domésticos tomam pouca água. Além de disponibilizar vasilhas em locais estratégicos, complemente a alimentação com patês e sachês úmidos..

Por mais que seu gato goste de leite, este não é um alimento recomendado para gatos adultos. Além de ser um animal carnívoro, quando cresce ele passa a não digerir bem este alimento.

A tendência do filhote felino é buscar por locais mais seguros e quentinhos, às vezes estranhos e inusitados, como o interior dos veículos. Cuidado, porque ele pode se esconder também perto do motor.

É importante ficar atento à frequência com que seu gato “vomita” [regurgitar é o termo certo] bolas de pelo. Uma vez por mês ou uma vez a cada dois meses são frequências consideradas normais.

Para saber mais sobre curiosidades, comportamentos e cuidados relacionados aos gatos, confira os programas do PodCat do Raine.



Fonte: Minas Faz Ciência - Escola de Veterinária da UFMG



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais