Notícias

Gatos diferenciam seus próprios nomes de outras palavras, diz pesquisa

Compartilhe:     |  6 de abril de 2019

Novo estudo publicado na revistaScientific Reports afirma que os gatos são capazes de reconhecer sons familiares e distingui-los de outras palavras. Ou seja, isso indica que eles sabem quais são os nomes que os humanos os chamam.

A pesquisa também mostra que os felinos domésticos respondem as expressões faciais humanas. Mas responder os tutores são outros quinhentos: cientistas da Universidade de Tóquio, no Japão, afirmaram em um artigo que os gatos realmente escutam as pessoas, mas preferem ignorá-las.

“Acho que muitos tutores sentem que os gatos sabem seus nomes, ou a palavra ‘comida’, mas até agora não havia evidências científicas para comprovar isso”, disse Atsuko Saito, psicólogo da Universidade Sophia em Tóquio.

Saito e seus colegas aproveitaram essa questão para realizar o estudo. Eles pediram aos donos de gatos que dissessem quatro nomes com sílabas semelhantes, seguidas do nome do animal.

Os bichanos gradualmente perderam o interesse em cada substantivo, mas reagiram a seus nomes – movendo as orelhas, cabeça ou rabo, ​​mudando a posição das patas traseiras ou, é claro, miando. Isso foi válido para gatos que viviam sozinhos ou tinham companheiros felinos.

Os resultados também mostraram algo interessante sobre os que vivem em Cafés de Gatos – cafeterias comuns no Japão, onde os clientes passam tempo com os felinos e apreciam quitutes. Estes reagiam ao ouvir o próprio nome, mas também ao escutar os nomes dos amigos gatinhos. Para os pesquisadores, como nestes locais os gatos são chamados muitas vezes ao mesmo tempo, pode ser mais difícil para eles associarem seus próprios nomes.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Primeiros socorros: o que fazer quando o seu pet precisa de ajuda

Leia Mais