Notícias

‘Globo Repórter’ mostra o renascimento do Pantanal após as queimadas; assista ao programa

Compartilhe:     |  1 de maio de 2021

Nesta sexta-feira (30), o Globo Repórter voltou ao Pantanal para mostrar como a natureza está se recuperando dos incêndios que atingiram a região em 2020.

As repórteres Eunice Ramos e Claudia Gaigher percorrem o Pantanal em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para ver como a maior planície alagada do planeta, no coração do Centro-Oeste, está agora após enfrentar a maior tragédia de sua história.

 

O Pantanal ressurge gigante após a tragédia ambiental que atingiu o bioma — Foto: Globo Repórter

O Pantanal ressurge gigante após a tragédia ambiental que atingiu o bioma — Foto: Globo Repórter

Aos poucos, o Pantanal vai se regenerando e voltando a ter a paisagem que o mundo conhece. Em Barão de Melgaço, em Mato Grosso, animais que sobreviveram ao incêndio são tratados em um centro de reabilitação. São mais de 60 animais em recuperação, que recebem os cuidados de voluntários para serem soltos novamente na natureza.

Aos poucos, o Pantanal vai se regenerando e voltando a apresentar as paisagens que o mundo conhece — Foto: Globo Repórter

Aos poucos, o Pantanal vai se regenerando e voltando a apresentar as paisagens que o mundo conhece — Foto: Globo Repórter

Vista do alto, a paisagem do Pantanal já parece recuperada do fogo. Mas pesquisadores alertam que tantas queimadas em anos seguidos estão comprometendo o equilíbrio de todo o sistema. Com isso, árvores e plantas sofrem com as consequências dos incêndios.

Parque no Pantanal é um dos maiores refúgios de onças pintadas do mundo — Foto: Globo Repórter

Parque no Pantanal é um dos maiores refúgios de onças pintadas do mundo — Foto: Globo Repórter

Na Transpantaneira, principal corredor turístico do norte do Pantanal e uma das regiões mais castigadas pelos incêndios de 2020, as imagens do antes e depois da tragédia ambiental impressionam. O fogo também devastou os dois maiores redutos de araras-azuis do mundo. Já as ariranhas, um dos mamíferos mais ameaçados do mundo, o risco de extinção aumenta cada vez mais.

O Pantanal reúne os dois maiores redutos de araras-azuis do mundo — Foto: Globo Repórter

O Pantanal reúne os dois maiores redutos de araras-azuis do mundo — Foto: Globo Repórter

No delta do Rio Salobra, é o Pantanal que todos querem ver. Um refúgio fundamental para a manutenção da biodiversidade pantaneira. Todos os rios da região, que nascem no planalto e na serra, têm a água descendo aos poucos e inundando a planície.



Fonte: Globo Repórter



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dente-de-leão: uma planta benéfica também para saúde dos cães

Leia Mais