Notícias

Governo da China pede tempo para ver efeitos da luta contra a poluição

Compartilhe:     |  16 de março de 2015

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, reconheceu neste domingo (15) que será preciso tempo para ver os efeitos da “guerra contra a poluição”, que ele mesmo declarou ano passado.

Em entrevista coletiva, Li disse que ainda não conseguiu eliminar a neblina de grandes cidades como Pequim.

“É difícil mudar as condições ambientais em pouco tempo, mas pelo menos podemos mudar a forma como nos comportamos”, ressaltou Li para os centenas de jornalistas em sua entrevista coletiva anual no Grande Palacio do Povo.

“A poluição é uma preocupação na mente de todos, e a China está determinada a trabalhar para resolver esse problema, embora às vezes nossos esforços mostrem menos resultados do que o esperado”, admitiu o chefe de governo chinês.

Li ressaltou que seu governo dará mais poderes às administrações em todos os níveis para combater a poluição e fazer com que os violadores das leis ambientais sejam punidos.

Mais coragem
Ele também pediu às instituições responsáveis por esta luta que “adotem a coragem para castigar a negligência e os abusos” na aplicação das leis ambientais.

“Devemos nos garantir que a lei seja uma poderosa arma para lutar contra a poluição, não algo suave como um algodão de açúcar”, sentenciou o primeiro-ministro.

Li assinalou que notou como alguns meios de comunicação qualificaram seu discurso do estado da nação de 2015 como menos focado nos problemas ambientais que o do ano anterior, e se defendeu afirmando que em 2014 foram fixadas as metas concretas de redução de emissões.

No discurso deste ano, pronunciado em 5 de março no começo da plenária anual da Assembleia Nacional Popular, o primeiro-ministro fixou uma redução de 3,1% na intensidade de carbono (emissões de CO2 divididas pelo PIB nacional).



Fonte: Globo Natureza



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais