Notícias

Graziano: acabar com a fome e a desnutrição são prioridades

Compartilhe:     |  13 de junho de 2015

Dois dias depois de sua reeleição como chefe da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) por mais quatro anos, José Graziano da Silva, anunciou, na última segunda-feira (08) que erradicar a fome, elevar os níveis de nutrição e combater as alterações climáticas estão entre as principais prioridades da agência durante seu segundo mandato.

No domingo, uma cerimônia de premiação na Conferência bienal da FAO, que acontece até esse sábado (13), em Roma (Itália), reconheceu o grande esforço feito pelos países ao redor do mundo, o que levou a implementação em vários lugares do planeta do Objetivo de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas (ODM) de reduzir para metade a proporção de pessoas com fome até 2015, ou trazê-lo abaixo do limiar de 5%.

“A maioria – 72 de 129 – dos países monitorados pela FAO alcançou a meta, com as regiões em desenvolvimento como um todo não conseguindo por uma pequena margem”, disse a FAO em comunicado. “Do total de 72 países, 29 também cumpriram a meta mais rigorosa de reduzir pela metade o número de pessoas com fome, como previsto pelos governos quando eles se encontraram em Roma, na Cúpula Mundial da Alimentação, em 1996”.

Segundo Graziano, a erradicação completa da subnutrição crônica foi incluída nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que serão aprovadas em setembro para definir a agenda de desenvolvimento global para as próximas décadas. (ONU Brasil/ #Envolverde)

* Publicado originalmente no site ONU Brasil.



Fonte: Envolverde



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dicas para cuidar da coluna do pet

Leia Mais