Notícias

Greve Global pelo Clima acontece nesta sexta-feira no mundo inteiro

Compartilhe:     |  18 de setembro de 2019

Na próxima sexta-feira, dia 20, cidadãos do mundo inteiro irão às ruas em uma Greve Global pelo Clima em protesto por ações de combate às mudanças climáticas. Em São Paulo, a greve ocorrerá a partir das 16h, com concentração no vão do Museu de Arte de São Paulo (MASP). A mobilização está confirmada em pelo menos 35 cidades, entre elas Araraquara, Indaiatuba, Franca e Ribeirão Preto. O ato está sendo organizado pela Coalizão pelo Clima São Paulo, uma articulação que reúne diversas entidades e indivíduos que tratam da emergência climática em curso, incluindo o Greenpeace.

Hoje vivemos as consequências da elevação de 0,87°C na temperatura da Terra, segundo o relatório do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas). O Brasil e os brasileiros têm um papel fundamental no enfrentamento da emergência climática, a Amazônia é responsável pela regulação do clima, e o uso do solo nosso principal fator de emissão. Mesmo antes das recentes queimadas, 20% da área original da Amazônia já tinha sido desmatada, uma destruição que responde por metade das emissões de gases de efeito estufa pelo Brasil. Um retrocesso que nos leva a ocupar o lugar de sétimo país que mais contribui para as emissões mundiais.

“A nossa casa está sendo destruída para satisfazer nosso modo de produção e consumo e este momento é uma grande oportunidade para começarmos uma conversa sobre o que está ao nosso alcance. Mudar o rumo dessa história está nas nossas mãos, mas grande parte dessa responsabilidade dividimos com os governantes, que pouco ou quase nada estão fazendo para migrar para uma economia que reduza seu impacto na elevação de temperatura da Terra em ritmo tão acelerado”, comenta Fabiana Alves, da campanha de Clima do Greenpeace Brasil.

Inspirados pelo ato inicialmente solitário da adolescente sueca Greta Thunberg (indicada ao Prêmio Nobel da Paz), hoje são os jovens de diversos países que mais pressionam a sociedade a tomar atitudes contra as mudanças climáticas. A greve escolar pelo clima se tornou uma potente forma de protesto para chamar a atenção de populações, empresas e governos em relação à intensificação da crise climática no planeta que ameaça seu futuro. “Os jovens são a voz que ecoa pelas exigências de mudança e o apoio de toda a sociedade é fundamental para que essa voz reverbere e chegue aos ouvidos dos tomadores de decisão. Falar de clima é falar de readaptação da estrutura econômica, é pedir a responsabilização de nossos governantes”, finaliza Fabiana.

Quando: Sexta-feira (20) a partir das 16h00

Onde: Av. Paulista, 1578 – ponto de encontro: vão do MASP



Fonte: CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais