Trilhas da Paraíba

Guarabira e o potencial do turismo religioso

Compartilhe:     |  22 de novembro de 2020

Boletins do Estado e Prefeitura apontam divergência no nº de casos da  Covid-19 em Guarabira | ManchetePB

A história da cidade tem como base vários ritos católicos que são cultivados até hoje, atraindo turistas da Paraíba e de outros estados do Brasil

Localizado na mesorregião do Agreste paraibano, o município de Guarabira completa 133 anos de emancipação política no próximo 26 de novembro. A cidade é conhecida pela tradicional Festa da Luz e pela potencialidade do turismo religioso. Além disso, o município é de grande importância política e econômica na Paraíba, pois é sede da microrregião de Guarabira formada por 14 municípios.

Segundo informações do IBGE, o município possui uma área de 162,387 km² e uma população estimada de 59.115 pessoas. Guarabira faz limite com os seguintes municípios: Pirpirituba ao norte, Pilõezinhos a noroeste, Cuitegi a oeste, Alagoinha a sudeste, Mulungu ao sul e Araçagi a leste. Todos estes municípios já fizeram parte de seu território.

De acordo com o professor de Geografia e criador da página no facebook “Belezas de Guarabira”, Daniel Fernandes, o turismo religioso é o ponto forte do município. Turistas de diversos estados e municípios da Paraíba visitam Guarabira nos finais de semana e feriados, com destaque para o Memorial de Frei Damião e Catedral de Nossa Senhora da Luz.

O Memorial localiza-se na Serra da Jurema, mas durante o percurso até o Memorial existe algumas atrações turísticas. “A Serra da Jurema também possui uma rampa para os praticantes de voo livre, bem como trilhas para os praticantes e adeptos do mountain bike. Por ser o ponto mais alto do local, é possível ter uma visão panorâmica da cidade e de alguns municípios vizinhos, assim como as belas paisagens da região”, disse.

Festa da Luz

A Festa da Luz é o maior e mais importante evento turístico da região, tanto a parte religiosa quanto a profana. A parte religiosa acontece na Catedral de Nossa Senhora da Luz, onde são realizadas cerimônias religiosas, atraindo bastante fiéis. A procissão de Nossa Senhora da Luz acontece no dia 2 de fevereiro. Já a parte profana também reúne milhares de pessoas que visitam a cidade em busca de entretenimento e diversão, com atrações musicais de renome nacional. Via Sacra

Foram instaladas 62 estátuas de concreto, feitas em tamanho real. Elas representam o caminho que Jesus percorreu até o calvário. Todos os anos na Quaresma, milhares de católicos fazem este percurso durante a noite e meditando cada estação.

O Cruzeiro

O monumento no formato de uma grande cruz com 12 metros de altura, conhecido como Cruzeiro, foi erguido na década de 60 pela comunidade católica de Guarabira. A grande cruz foi levada nas costas pela população até o local onde se encontra até hoje. Anos depois foi revestida com azulejos portugueses, de autoria do grande ceramista pernambucano Francisco Brenannd.

Memorial

O Memorial Frei Damião é composto por um museu, que preserva objetos pessoais, fotografias e artigos religiosos do frei capuchinho. A estátua do frei tem cerca de 34 metros de altura, sendo a terceira maior do Brasil, superada apenas pelo Cristo Redentor e Santa Rita de Cássia, no Rio Grande do Norte.

Estátua de Frei Damião começa a ser restaurada; monumento completa 14 anos  | Diocese de Guarabira

História

De origem tupi-guarani, Guarabira significa ‘Berço das Garças’. O município foi batizado com esse nome pois existia muitas tribos indígenas na região. Mas quem fez o primeiro povoamento foi Duarte da Silveira, senhor do Engenho Morgado, localizado às margens do Rio Mamanguape. Outro personagem que marcou a história da cidade, segundo Daniel Fernandes, foi o português José Rodrigues Gonçalves da Costa, conhecido como Costa Beiriz.

“Em 1° de novembro de 1755 um terremoto devastou Portugal e matou cerca de 80 mil pessoas. Costa Beiriz fugiu para o Brasil e trouxe consigo uma imagem de Nossa Senhora da Luz, a quem fez uma promessa de erguer uma igreja como forma de agradecimento por ter saído com vida desta tragédia”, contextualizou.



Fonte: Jornal A União - Sara Gomes



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais