Notícias

Imagine só você se deparando com com este paredão assustador de aranhas

Compartilhe:     |  20 de janeiro de 2019

Você sabe o que é mais assustador que aranhas invadindo sua casa no meio da noite? Aranhas no céu, formando uma parede gigante.

Na última sexta-feira (11), o Guardian reportou incidentes ocorridos no Brasil, onde algumas pessoas disseram que estava “chovendo aranhas”. Um vídeo recentemente compartilhado no Facebook mostra o fenômeno ocorrido na região de Pouso Alegre (MG) em que centenas de aranhas estão suspensas no ar — parece algo saído direto dos seus piores pesadelos aracnídeos.

O vídeo foi feito por João Pedro Martinelli Fonesca, 14, segundo o site local Terra do Mandu. Dona Jercina Martinelli, a mãe do adolescente, disse ao site que “havia muitas teias e milhares de aranhas que aparecem no vídeo”.

Por mais aterrorizante que seja, isto é algo comum às espécies parawixia bistriata e ocorre durante épocas quentes e úmidas do ano, segundo o professor e especialista em aracnologia Adalberto Santos, da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Estes aracnídeos são criaturas sociais que se juntam para fazer uma teia imensa que eles usam para capturar comida, geralmente insetos e até pequenos pássaros. Sobre a história de elas “voarem”, isso pode ser resultado de um comportamento chamado de balonismo, como explica o site Terra do Mandu.

Há alguns anos, houve um fenômeno parecido em Santo Antônio de Platina (PR).

Apesar de assustador, o especialista da UFMG informou que este fenômeno “mais nos beneficia do que nos causa mal”. Isso porque durante o calor, como vocês devem estar sentindo na pele, há muitos insetos. Então, esse conjunto de teias gigantes ajuda a regular a quantidade de mosquitos.

Caso você seja picado por uma dessas aranhas, não há motivo para preocupação, pois a picada delas, no máximo, causa um pequeno desconforto.

Algumas aranhas usam o balonismo para pegar rajadas de vento e surfar nos céus. Assistir a estes pequenos aracnídeos fazendo este processo é muito impressionante. A boa notícia é que estas aranhas são as únicas a “voarem”. De fato, estas criaturas são empreendedoras: elas conseguem até velejar.

Falando com o Gizmodo no ano passado sobre aranhas voadoras, Cheryl Hayashi, uma bióloga especialista em aranhas do Museu Americano de História Natural, disse que testemunhar este fenômeno “dá uma apreciação profunda de como as aranhas evoluíram para atingir este feito — elas estão literalmente navegando pelo ar.”

O fato evolucionário é incrível, apesar de qualquer um seria perdoado por se assustar ao ver estas aranhas no ar.



Fonte: GIZMODO - Catie Keck



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

A surpreendente velha amizade entre um cão e um golfinho

Leia Mais