Notícias

Instituição quer reduzir em 50% consumo de produtos de origem animal na Alemanha

Compartilhe:     |  10 de janeiro de 2021

A ideia surgiu após uma pesquisa da empresa Kearney concluir que a carne cultivada pode representar 35% do consumo global de proteínas até 2040

A instituição ProVeg International pretende reduzir em 50% o consumo de produtos de origem animal na Alemanha através de um projeto de agricultura celular denominado CellAg.

O objetivo da entidade é executar essa meta até o ano de 2040. “Embora consideremos a alimentação à base de vegetais como a solução perfeita para muitos dos problemas do mundo, reconhecemos o enorme potencial da agricultura celular e carne cultivada, assim como ovos, laticínios, peixes e frutos do mar cultivados. Tudo isso faz parte de uma estratégia complementar em nossa missão de reduzir a produção animal em 50% até 2040”, revelou a instituição.

A iniciativa prevê o desenvolvimento de produtos a partir de células de animais que devem ser replicadas para excluir a exploração animal da cadeia produtiva.

A ideia surgiu após uma pesquisa da empresa Kearney concluir que a carne cultivada pode representar 35% do consumo global de proteínas até 2040.

No momento, a entidade se esforça para conscientizar a população sobre a agricultura celular para aumentar a aceitação do público em relação aos produtos cultivados.

Para executar o projeto, a entidade está aberta à adesão de empresas que atuam no segmento de carne cultivada e de outras proteínas alternativas.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais