Notícias

Instituições divulgam programação da Semana do Meio Ambiente na Paraíba

Compartilhe:     |  4 de junho de 2018

O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), vai realizar entre os dias 4 e 8 de junho, a Semana do Meio Ambiente 2018. Com o tema “Unidades de Conservação: nosso compromisso, nosso orgulho”, a autarquia objetiva sensibilizar a população sobre o uso sustentável das Unidades de Conservação (UCs), além de alertar sobre a importância delas no que se refere ao equilíbrio da biodiversidade.

Entre as atividades que serão desenvolvidas pelo órgão estão oficinas e palestras educativas, debates, gincana, piquenique, distribuição de material educativo e atividades culturais envolvendo as temáticas relacionadas à preservação do meio ambiente.

A abertura do evento acontecerá na segunda-feira (4), às 14h, na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Deputado José Mariz, no município do Conde. As ações também serão desenvolvidas nas cidades de João Pessoa, Bayeux e em Sousa. Entre as atividades destacam-se: palestras, exibição de filmes, distribuição de sementes e materiais educativos, apresentações culturais e a reabertura do Centro de Visitantes do Jardim Botânico Benjamim Maranhão.

São decretadas por autoridades federais, estaduais ou municipais. Na Paraíba, são 17 UC administradas pela autarquia, mais seis mantidas pelo Governo Federal, 12 pelos municípios e 10 particulares, todas conduzidas nos tipos de proteção: integral – que podem ser visitadas, mas necessitam de uma autorização e até acompanhamento especial; e de uso sustentável – que objetivam unir a conservação da natureza com a forma de uso sustentável dos recursos naturais.

Das 17 gerenciadas pela Sudema, nove exigem a proteção integral, como os Parques Estaduais da Mata do Pau Ferro, em Areia; Mata do Xém-Xém (Bayeux); Pico do Jabre (Maturéa e Mãe D’água); Pedra da Boca (Araruna); Mata de Jacarapé (João Pessoa), Aratu (João Pessoa); Trilha dos Cinco Rios (João Pessoa); Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha (Cabedelo); e Monumento Natural Vale dos Dinossauros (Sousa).

O Superintendente da Sudema, João Vicente Machado Sobrinho explicou a escolha da temática deste ano. “Nosso objetivo é conscientizar a população, por meio da educação ambiental, sobre a importância das Unidades de Conservação para a Paraíba. Fundamentais para o equilíbrio ecológico a sua preservação é de nossa responsabilidade e temos que ser sensíveis na preservação dos biomas presentes nestes locais, que são únicos e fundamentais em nosso ecossistema. Usar as unidades de forma sustentável é uma obrigação de todos para que futuras gerações tenham a oportunidade de desfruta-las também”, destacou.

No mundo – Em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Dia Mundial do Meio Ambiente, que passou a ser comemorado todo dia 05 de junho. Essa data, que foi escolhida para coincidir com a data de realização da conferência, tem como objetivo principal chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Nessa Conferência, que ficou conhecida como Conferência de Estocolmo, iniciou-se uma mudança no modo de ver e tratar as questões ambientais ao redor do mundo, além de serem estabelecidos princípios para orientar a política ambiental em todo o planeta. Apesar do grande avanço que a Conferência representou, não podemos afirmar, no entanto, que todos os problemas foram resolvidos a partir daí.

Atualmente existe uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele. A destruição constante de habitat e a poluição de grandes áreas, por exemplo, são alguns dos pontos que exercem maior influência na sobrevivência de diversas espécies.

Tendo em vista o acentuado crescimento dos problemas ambientais, muitos pontos merecem ser revistos tanto pelos governantes quanto pela população para que os impactos sejam diminuídos. Se nada for feito, o consumo exagerado dos recursos e a perda constante de biodiversidade poderão alterar consideravelmente o modo como vivemos atualmente, comprometendo, inclusive, nossa sobrevivência.

Dentre os principais problemas que afetam o meio ambiente, podemos destacar o descarte inadequado de lixo, a falta de coleta seletiva e de projetos de reciclagem, consumo exagerado de recursos naturais, desmatamento, inserção de espécies exóticas, uso de combustíveis fósseis, desperdício de água e esgotamento do solo. Esses problemas e outros poderiam ser evitados se os governantes e a população se conscientizassem da importância do uso correto e moderado dos nossos recursos naturais.

Em razão da importância da conscientização e da dimensão do impacto gerado pelo homem, o Dia Mundial do Meio Ambiente é uma data que merece bastante destaque no calendário mundial. Entretanto, não basta apenas plantar uma árvore ou separar o lixo nesse dia, é necessário que sejam feitas campanhas de grande impacto que mostrem a necessidade de mudanças imediatas nos nossos hábitos de vida diários.

Apesar de muitos acreditarem que a mudança deve acontecer em escala mundial e que apenas uma pessoa não consegue mudar o mundo, é fundamental que cada um faça a sua parte e que toda a sociedade reivindique o cumprimento das leis ambientais. Todos devemos assumir uma postura de responsabilidade ambiental, pois só assim conseguiremos mudar o quadro atual.

No Brasil, a discussão sobre a poluição plástica vem avançando devido a esforços do governo brasileiro e outros atores da sociedade, incluindo a ONU Meio Ambiente Brasil. Campanhas para o consumo consciente de sacolas plásticas, a assinatura do Acordo Setorial de Logística Reversa de Embalagens e agora o processo de elaboração do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar criam o ambiente institucional necessário para avançar este debate fundamental com a sociedade brasileira.

A ONU Meio Ambiente vê 2018 como um ano de virada sobre o tema. “Vimos construindo uma massa crítica na sociedade brasileira sobre o impacto ambiental do plástico e acreditamos que este ano, com as iniciativas que lideramos ou apoiamos, haverá uma mudança real na relação do Brasil com essa problemática – cidadãos, governos e empresas perceberão que está na hora de mudar hábitos e escolhas para garantir a saúde do planeta”, afirmou a representante da ONU Meio Ambiente no Brasil, Denise Hamú.

Desde que foi instituído em 1972, o Dia Mundial do Meio Ambiente tornou-se uma plataforma global para a conscientização pública sobre questões ambientais. Na avaliação das Nações Unidas, a data é uma oportunidade para que todos se engajem ativamente na proteção da natureza.

No dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Todos os anos a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) promove uma série de atividades que marcam a data, estimulando a reflexão sobre a importância de recuperar e preservar o nosso patrimônio ambiental. Este ano, a Secretaria de Meio Ambiente (Semam) vai realizar ações entre 1º e 5 de junho, com atividades no Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), no Busto de Tamandaré, no Parque da Lagoa, nas escolas, nascente do Rio Cabelo e no Viveiro Municipal de Plantas Nativas.

Este ano a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu como tema a redução da poluição ambiental provocada pelo plástico, estimulando o uso da hashtag #AcabeComAPoluiçãoPlástica. Com este tema a ONU pretendem chamar governos, setor privado, comunidades e indivíduos a reduzir a produção e o consumo excessivo de produtos plásticos descartáveis, que contaminam oceanos, prejudicam a vida marinha e afetam a saúde humana.

Em João Pessoa – Na Semam diversas práticas internas já são estimuladas, com foco na sustentabilidade e na redução de uso de insumos poluentes. Todos os funcionários da Semam são orientados para que reduzam o uso de copos plásticos descartáveis e tragam seus copos, que são de uso individual. Na Secretaria foi instalado o sistema de eco drenagem, que reutiliza a água de todos os aparelhos de ar condicionado para irrigação do jardim, em frente ao prédio da Semam.

Este mesmo sistema está sendo ampliado para outros espaços da PMJP, a exemplo do Gabinete do Prefeito. No Gabinete, o sistema vai captar a água expelida pelos drenos de 14 aparelhos de ar condicionado, entre 8h e 17h. Em 22 dias de expediente serão armazenados, em média, 1.892 litros de água que serão reutilizados na irrigação do jardim.

A Semam está reutilizando, nos jardins da PMJP, o resto de material retirado dos galhos das árvores, durante a Poda Programada, que é feita nas árvores das principais ruas, avenida, canteiros e praças da cidade. Os galhos retirados são triturados e transformados em composto orgânico, reutilizado nos canteiros da PMJP e também para adubação no Viveiro Municipal de Plantas Nativas.

Para o secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, essas ações, no âmbito dos prédios da PMJP, refletem o cuidado com a cidade, com o todo. “Aqui no prédio do Centro Administrativo Municipal (CAM) estamos fazendo pequenas ações – reduzindo o consumo de

copos de plástico descartáveis, reutilizando a água dos aparelhos de ar condicionado e adubando nossos jardins com os galhos triturados durante a Poda Programada.

Quando cuidamos bem do nosso espaço de trabalho, que é um micro espaço público refletimos esse aspecto para toda a cidade, para o macro. E as pessoas estão enxergando isso. João Pessoa está bem cuidada, com praças, parques, avenidas arborizadas. “Esse é um compromisso de todos nós, não só na Semam, como em toda a gestão do prefeito Luciano Cartaxo”, concluiu.

Durante a Semana do Meio Ambiente serão realizadas atividades para diversos públicos de João Pessoa. Saiba como será a programação.

Em Campina Grande – A Semana Nacional do Meio Ambiente terá ampla e diversificada programação em Campina Grande a partir de segunda-feira, dia 04 de junho, na Praça da Bandeira, com o lançamento do jogo digital do Programa Minha Árvore, e entrega dos certificados dos alunos da rede municipal de educação. Dia 5, se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente, em todo país.

Esta semana de conscientização, foi criado no Brasil, pelo Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981, a Semana do Meio Ambiente. O objetivo era complementar a celebração ao Dia do Meio Ambiente instituído pela ONU.

Esta iniciativa visa incluir a sociedade na discussão de pautas que tratem da preservação do patrimônio natural do Brasil. Esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas – ONU, em 15 de dezembro de 1972, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia.

A proposta desta data é chamar a atenção de todos os governos mundiais e da população sobre a necessidade de implantar medidas emergenciais para prevenir a degradação do meio ambiente.

Atividades para a Semana Nacional do Meio Ambiente em CG

De acordo com o secretário Geraldo Nobre Cavalcante, da Sesuma, o principal objetivo da Semana Nacional do Meio Ambiente em Campina Grande, é conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar os diferentes tipos de ecossistemas.

Entre os meios mais utilizados para isso, durante uma semana, haverá palestra nas escolas; workshops ao público, sobre sustentabilidade em cidades inteligentes; distribuição e plantio de mudas de árvores em várias áreas da cidade; conscientização da população para o consumo sustentável; exposições sobre os crimes ambientais; feira de adoção de animais e lançamento do jogo digital do Programa Minha Árvore.

A coordenadora do Meio Ambiente, Denise Sena, disse que desde o primeiro ano da gestão Romero Rodrigues, o foco foi recuperar o déficit florestal, com o plantio de mais de 30 mil mudas, e conscientizar a população para adotar uma árvore, e com a adesão das escolas através da Minha Árvore, o objetivo tem sido alcançado.

Programação completa – Dia 04.06, 10hs, na Praça da Bandeira, lançamento do jogo digital, do Programa Minha Árvore e entrega dos certificados dos alunos da rede municipal de educação: dia 05, terça-feira, de 08h30min as 12h00minhs, Exposição Legal- Lei de Crimes Ambientais e

Feira de adoção de animais (cães e gatos), e doação de mudas de árvores, na Praça da Bandeira, e também no período da tarde.

Quarta-feira, 06/06, plantio de mudas no Complexo Aluísio Campos, a partir das 08h00min e na Praça da Bandeira, feira de adoção, e doação de mudas, manhã e tarde. Ainda no dia 06, à noite, 18h30min, Workshop de Sustentabilidade em Cidades Inteligentes, no Club Job Coworking, quinto andar da Associação Comercial.

Quinta-feira, dia 07/06, manhã e tarde, Educação Ambiental e Jogo Digital do Programa Minha Árvore, na Escola Municipal, Frei Dagoberto Stucker.

Dia 08, encerrando a programação, ação de plantio e jogo digital, no Colégio Motiva Ambiental, bairro do Catolé, a partir das 08hs, e a tarde, 14hs e finalmente ação ambiental na São Paulo Alpargatas.

Maiores informações sobre a Semana do Meio Ambiente, na coordenadoria do MA, na Rua Álvaro Gaudêncio, 278, centro, ou pelos fones 3341-0600 ou 3331-6115, procurar Andrezza ou Denise Sena.

BOXE – PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO MEIO AMBIENTE SUDEMA

Programação: 

04/06/2018 Segunda-feira – 14h – Conde – Local: EMEIF Deputado José Mariz – Endereço: R. Maria Amélia, S/n, Jacumã distrito de Conde/PB

05/06/2018 Terça-feira – 9h – João Pessoa – Local: Jardim Botânico Benjamim Maranhão – Endereço: Av. Dom Pedro II, João Pessoa/PB

06/06/2018 Quarta-feira – 8h30min – Bayeux – Local: Escola Técnica Estadual de Bayeux – Endereço: Av. Liberdade, S/N, Centro, Bayeux/PB

08/06/2018 Sexta-feira – 8h – Sousa – Local: Monumento Natural Vale dos Dinossauros – Endereço: Rodovia PB391, S/n, Uirauna, Sousa/PB

Distribuição de material educativo e sementes

BOXE – PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO MEIO AMBIENTE / SEMAM

SEMANA DO MEIO AMBIENTE 2018 #AcabeComAPoluiçãoPlástica

PRIMEIRO DE JUNHO – SEXTA-FEIRA – BICA

– 9h – CAFÉ DA MANHÃ NA BICA

02 DE JUNHO – SÁBADO – BUSTO DE TAMANDARÉ

– 9h e 15h – TENDA VERDE COM DISTRIBUIÇÃO DE MUDAS E AÇÕES EDUCATIVAS

03 DE JUNHO – DOMINGO – PARQUE DA LAGOA

– 15h – DEMONSTRAÇÃO DE TODOS OS SERVIÇOS DA SEMAM PARA A POPULAÇÃO

– 15h – DEMONSTRAÇÃO DA PODA PROGRAMADA

04 DE JUNHO – SEGUNDA-FEIRA

– 9h – BICA VAI À ESCOLA

– 15h – AÇÃO EDUCATIVA NASCENTE RIO CABELO

05 DE JUNHO – TERÇA-FEIRA DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

– 9h – CONHEÇA O VIVEIRO – AÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA ESTUDANTES DE ESCOLAS PÚBLICAS – VIVEIRO MUNICIPAL DE PLANTAS NATIVAS

– 15h – TENDA VERDE E DEMONSTRAÇÃO DA PODA PROGRAMADA NO PARQUE DA LAGOA

 

 

 



Fonte: Jornal A União - Anézia Nunes



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais