Notícias

Instituto vai preservar material genético dos peixes-boi da Amazônia

Compartilhe:     |  13 de maio de 2015

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) está desenvolvendo um estudo para preservar o material genético dos peixes-boi da Amazônia. A pesquisa consiste em preservar as células e os germoplasmas (recurso genético que conserva e melhora o material genético para uso imediato ou futuro) da espécie em baixas temperaturas, numa técnica chamada criopreservação.

As células troncos são utilizadas para entender a biologia reprodutiva e conservar as espécies que estão ameaçadas de extinção, além de produzir animais transgênicos que podem servir como modelos experimentais.

Os peixes-boi da Amazônia vivem em quase toda a bacia amazônica. Segundo o Instituto Chico Mendes (ICMBio), por ser uma espécie difícil de ser observada, os dados de abundância e densidade confiáveis são inexistentes. A principal causa da redução populacional foi a caça indiscriminada ocorrida no passado. Cerca de 80 mil a 140 mil peixes-boi foram abatidos entre os anos de 1935 e 1954.

As pesquisas estão sendo desenvolvidas em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).



Fonte: Uol



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais